Banco de esperma está oferecendo um iPhone 6s para doadores na China

Por Redação | 18 de Setembro de 2015 às 14h30

Pelo visto, os fãs chineses da Apple não precisarão mais vender um rim para comprar um iPhone 6s. Afinal, surgiu uma forma muito mais prazerosa, simples e indolor de colocar as mãos no novo smartphone. E o melhor: de graça. Para isso, tudo o que eles precisam fazer é doar um pouco de esperma.

Parece piada, mas é exatamente o que o Renji Hospital, em Xangai, está propondo. Para atrair doadores, o hospital está oferecendo 6 mil yuans — o equivalente a R$ 3,68 mil na cotação atual — para quem for até lá. E, para servir de incentivo extra, uma nova campanha deixa claro que o valor entregue pode ser usado para comprar o novo iPhone 6s, que chegará ao país no próximo dia 25.

O curioso é que, como aponta o site Digital Trends, a propaganda parece ter sido feita por alguém que realmente acompanha as notícias na internet e todo o hype em torno do aparelho. Tanto que ela chega a citar até mesmo o caso dos homens que tentaram vender seus rins para comprar o novo iPhone, dizendo que não é preciso vender nenhuma parte do seu corpo para conferir a novidade.

iPhone 6s esperma

E antes que você saia se descabelando por aí, saiba que a iniciativa tem suas restrições — sem contar que ir até a China sai o valor do iPhone aqui. Segundo o Renji Hospital, o pagamento não é feito para qualquer doação, mas somente àquelas que estiverem dentro do que a instituição considera dentro do padrão. Os doadores ideais precisam ter, no mínimo, 1,63 metro de altura e ter algum tipo de formação acadêmica.

Quem passar por esses critérios ainda terá de passar por uma série de exames médicos para verificar se não há nenhum problema de saúde ou outro fator que comprometa todo o procedimento. Após tudo isso, a pessoa é levada para uma sala para fazer a coleta.

Só que há um pequeno truque antes de você sair gozando das alegrias de ter um iPhone 6s em suas mãos. Segundo os termos apresentados pelo hospital, apenas os doadores que entregarem 17 milímetros de esperma em um período de seis meses vão receber o dinheiro. O problema é que, a cada ejaculação, o homem produz entre 2 a 5 ml, o que significa que é preciso fazer algumas visitas constantes ao banco de esperma antes. Por outro lado, a empolgação dos fãs chineses com o aparelho não deve fazer com que isso seja um problema.

Na China, o iPhone 6s custará 5.200 yuans, o que significa que ainda restará um belo troco para ser gasto em acessórios para o aparelho — ou, em alguns casos, em pomada para assaduras.

Via: Digital Trends