Siga o @canaltech no instagram

Apple teve pior trimestre recente em vendas no fim de 2018 e Huawei se aproxima

Por Wagner Wakka | 21 de Fevereiro de 2019 às 20h30

Um relatório da Gartner, empresa de análise de mercado, mostra a queda na venda de iPhones, que resultou em queda de ações da Apple no último trimestre do ano passado. Segundo o levantamento, a fabricante vendeu um total de 64 milhões de iPhones nos últimos três meses de 2018, o que representa uma queda de 11,8 % em relação ao mesmo período do ano anterior.

Segundo o levantamento, a empresa teve a pior queda de vendas em um último trimestre desde 2016. Ainda, a companhia perdeu fatia de mercado: no final de 2017, ela tinha 17,9 % de participação, colada na Samsung com seus 18,2 %, mas no final do ano passado este número caiu para 15,8% no caso da Apple, contra 17,3% da sul-coreana. Vale perceber, contudo, que ambas as empresas perderam espaço mundialmente no cenário de smartphones.

Dados do último quarto de vendas de smartphones no mundo (Arte e fonte: Gartner)

Durante todo ano, a fabricante norte-americana também teve queda no número de aparelhos vendidos. Foram 214 milhões em 2017 contra 209 milhões em 2018, uma queda de 2,7% no período. A companhia também teve uma redução de market share de 0,6%.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Mundo

No último trimestre de 2018, o mercado como um todo entregou 408 milhões de smartphones, um aumento de 0,1% em relação ao mesmo período anterior. Durante o ano, o mercado como um todo teve um crescimento de 1,2%, batendo a marca de 1,55 bilhões de unidades comercializadas em todo globo.

Contudo, mercados já maduros, como América do Norte, Ásia/Pacífico e China, tiveram queda de 6,8%, 3,4% e 3% respectivamente. Para a empresa de pesquisas, isso aconteceu por conta da busca desses mercados por aparelhos de ponta da Samsung e Apple, os quais tiveram piores desempenhos neste ano.

Dados de vendas de smartphones no mundo em todo período de 2018 (Arte e dados: Gartner) 

Samsung na liderança

A Samsung liderou as vendas com 70 milhões de unidades, seguida pela Apple e depois Huawei. A sul-coreana também viu queda em vendas de 4,4% no período e uma leve diminuição no seu market share de 0,9%. Contudo, ela ainda se mantém como a principal fabricante do mercado. No ano, a Samsung teve também queda de 8,2% no número de smartphones vendidos, com 295 milhões de aparelhos em 2018.

"O ano da Huawei"

A Garter coloca 2018 como o ano da Huawei para o setor mobile. A empresa vendeu 60 milhões de aparelhos com o maior crescimento entre as gigantes e, no total, viu aumentar em 37,6% a quantidade de aparelhos comercializados no último trimestre.

“Com força na China e Europa, a Huawei continuou aumentando seus investimentos na Ásia e Pacífico, América Latina e Oriente Médio, pensando em crescimento futuro”, aponta Anshul Grupta, pesquisador líder da Gartner. Com isso, a companhia chinesa conseguiu se aproximar da Apple em termos de fatia de mercado com 13% do total, contra 13,4% da norte-americana. No ano passado, a Huawei detinha somente 9,8% de market share mundial.

Outras que tiveram crescimento no ano foram Xiaomi, com 122 milhões de aparelhos vendidos, e Oppo, num total de 118 milhões de unidades, se consolidando como a quinta maior fabricante mundial.

Fonte: Gartner

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.