Apple quer usar Touch ID na interface de navegação do usuário

Por Redação | 14 de Maio de 2015 às 15h52

A Apple quer expandir o uso do sensor de impressões digitais implantado nas versões mais recentes de iPhones e iPads. De acordo com um novo pedido de patente registrado no Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos (USPTO), a empresa está trabalhando em um novo sistema de detecção de impressões digitais no referido sensor capaz de permitir a navegação entre diferentes partes de uma interface de usuário em resposta a esse movimento.

A novidade pode permitir ao usuário folhear um documento ou rolar a tela de um site apenas realizando movimentos com o dedo no botão home do iPhone. Essa é uma das possibilidades que podem resultar da aplicação prática da tecnologia descrita no documento. O sensor do Touch ID já é usado para acionar recursos de acessibilidade no iPhone 6 e iPhone 6 Plus, mas essa nova patente descreve uma manipulação de interface ainda mais avançada.

A patente também inclui a descrição de como a técnica pode ser aplicada a computadores Mac, utilizando dispositivos externos com leitor de impressões digitais. É claro que a Apple ainda não oferece esse tipo de dispositivo, mas a ideia de um mouse ou trackpad smart touch equipado com leitor de digitais já foi levantada como uma possibilidade para levar a tecnologia a desktops e notebooks.

Por fim, a patente descreve um tipo de feedback tátil incorporado ao sistema como forma de ajudar o usuário a saber se está ou não usando os métodos de leitura de impressão digital corretamente. Esse recurso pode ser utilizado em combinação com um feedback auditivo para tornar a experiência mais fácil e adaptável para novos usuários.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.