Apple já está trabalhando no iPhone 8, diz funcionário da empresa

Por Redação | 28.09.2016 às 10:44

O iPhone 7 mal foi lançado e já há relatos de que a Apple está trabalhando num suposto iPhone 8. Apesar desse tipo de informação sempre surgir após o lançamento de um novo iPhone, nesta quarta-feira (28) ele foi confirmado por um funcionário da Apple ao portal Business Insider.

O referido portal foi até os escritórios da Maçã em Israel inaugurados há quatro anos para saber quais atividades estavam sendo desenvolvidas ali. Destinado majoritariamente para pesquisa e desenvolvimento, o prédio é local de trabalho de cerca de 800 funcionários - e apenas um deles falou com a reportagem.

Sem revelar sua identidade, o funcionário que trabalha soldando componentes disse vagamente o quão "diferente" o próximo iPhone será do iPhone 7 e que o dispositivo terá câmera superior a do iPhone 6s e 7. Embora não haja maneiras de garantir o que o funcionário alega, sua afirmação recai sobre os diversos rumores de que o suposto iPhone 8 virá com um violento tapa no visual em comemoração aos dez anos do aparelho.

O que chama atenção de verdade é que a todo momento a fonte utilizou o termo "iPhone 8" para se referir ao aparelho, embora a gente saiba que, pela lógica, o próximo aparelho a ser lançado deva ser o iPhone 7s. Apesar disso, o referido site acredita que o trabalhador só teve acesso a documentos de pesquisa e desenvolvimento e que provavelmente não há sequer um protótipo sendo feito ou algo do tipo.

Rumores sobre o possível iPhone 8 já vêm sendo ventilados na imprensa internacional desde antes do anúncio do iPhone 7. Os boatos apontam que o aparelho virá com corpo feito todo de vidro, display que ocupará toda a parte frontal do aparelho e câmera e Touch ID integrados à tela. Ou seja, é bastante possível que finalmente vejamos a aposentadoria do botão Home.

Como todos sabe, ainda é muito cedo para acreditar em qualquer coisa dessa natureza. Portanto, há chances de as alegações do funcionário serem descabidas e sem fundamento. Vamos esperar para ver.

Via Business Insider