Apple estaria testando sistema de câmera com duas lentes para o iPhone

Por Redação | 26 de Junho de 2015 às 12h47

O uso de uma dupla de lentes para a câmera é uma alternativa existente, mas não tão comum assim, no mundo mobile. Elas servem para dar mais estabilidade às imagens, permitindo que ambas capturem os melhores ângulos da cena, além de criar filmagens muito mais naturais. E parece que a Apple pode estar bem perto de adotar essa dinâmica com os novos iPhones.

Os rumores tiveram origem na Altek, uma fornecedora de câmeras com lentes duplas para fabricantes como HTC e Huawei. De acordo com a companhia, a Maçã já estaria experimentando o sistema desde 2012, mas estaria esbarrando em problemas técnicos e logísticos que ainda impedem sua adoção em grande escala.

Um dos pontos que estariam sendo pesquisados pela companhia de Cupertino seria os sistemas de estabilização. Os softwares necessários para fazer a combinação das imagens capturadas pelas duas câmeras ainda não estariam funcionando bem, e o resultado seria imagens borradas e com menos definição que as obtidas pelos sensores atuais, bastante elogiados no mercado.

Além disso, outra questão que vem sendo levada em conta é a capacidade de fornecedores como a própria Altek de lidar com a altíssima demanda do público pelos iPhones. A ideia é que a dupla de câmeras estaria presente, por exemplo, nos modelos mais caros, como o 6 Plus, mas mesmo eles vêm obtendo bastante sucesso de público, o que levou a esgotamentos e filas de espera em diversas partes do mundo.

Com o processo adicional e mais lento necessário para a fabricação de um conjunto desse tipo, as coisas se tornariam ainda mais complicadas. Os boatos apontam que a Apple chegou a entrar em contato com outros fornecedores, mas nenhum deles conseguiu alcançar a demanda e a velocidade requeridas pela companhia, o que acabou fazendo com que os planos fossem adiados.

A esperança da Maçã, então, é que a popularidade desse tipo de sistema acabe facilitando as coisas. Seus desenvolvedores de software estariam mais próximos de chegar a um sistema de estabilização que traga vantagens, enquanto os processos de fabricação se tornam mais e mais comuns. A esperança, então, é que a dupla de câmeras não demore muito para dar as caras, mas isso, provavelmente, não vai acontecer na próxima geração de smartphones, que chega no final do ano.

Como sempre, a Apple se manteve calada sobre os rumores, mantendo sua política de não comentar especulações sobre seus novos produtos. A expectativa é que a nova geração de iPhones seja revelada nos próximos meses, para um lançamento a tempo da temporada de compras de final de ano.

Fonte: TechRadar, PocketNow

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!