Apple teria reduzido suas expectativas para vendas do iPhone 7

Por Redação | 28 de Junho de 2016 às 18h50

A recente queda nas vendas do iPhone, pela primeira vez em sua história, parece ter modificado a maneira com a qual a Apple trabalha seus novos lançamentos. De acordo com a Advanced Semicondutor Engineering, uma de suas principais fornecedoras de componentes, a companhia estaria sendo “conservadora” com seus pedidos para o iPhone 7, seu próximo smartphone.

A informação veio de Tien Wu, diretor de operações da ASE, uma das principais fabricantes de chips e fornecedora de serviços de testes de qualidade do mundo. De acordo com o executivo, a Maçã ainda pode ser considerada uma das principais clientes da empresa em números. Entretanto, os pedidos da companhia neste ano seriam bem menos agressivos que os de outras marcas do mercado mobile.

Leia também: Novo rumor indica que iPhone 7 terá versão “Pro” com 256 GB de armazenamento

As declarações de Wu vêm para traçar um panorama um tanto quanto negativo para a continuidade da forte presença da Apple no mercado mobile. Com o iPhone 6s, a companhia teve sua primeira queda nas vendas desde o lançamento de sua linha de smartphones. Daí viria o tal conservadorismo que estaria por trás dos pedidos de chips feitos pela companhia, indicando uma possível baixa na previsão de vendas também para este ano.

O executivo, entretanto, se mostrou otimista, afirmando que, por mais que as vendas possam ser baixas no começo, os números devem mostrar recuperação com o andamento dos meses, ao contrário do que se espera do iPhone 6s. Wu, por outro lado, evitou falar em quantidades nem especulou sobre um possível incremento nos pedidos de chips para o segundo semestre de 2016, componentes que estarão em aparelhos que chegarão às lojas no começo do ano que vem.

A perspectiva de vendas em baixa vem acompanhada também de uma noção de que o iPhone 7, apesar do nome, mais uma vez terá design semelhante ao do antecessor. As especulações mais frequentes sobre o dispositivo dão conta de um aparelho com o mesmo corpo do ano passado, mas com mudanças no posicionamento de antenas, componentes mais robustos na parte interna e a saída da clássica entrada para fones de ouvido, além de uma dupla de câmeras, sendo uma com zoom óptico.

Apesar de todo mundo já saber que o iPhone 7 encontra-se atualmente em produção, com lançamento previsto para o final do ano, a Apple não se pronuncia sobre o assunto. A empresa não comenta rumores ou especulações sobre seus produtos futuros, bem como não fala sobre o relacionamento com parceiros no que toca unidades de fabricação, quantidades ou componentes.

Fonte: Nikkei

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.