Apple está trabalhando em "iPhone de vidro", revela fornecedor

Por Sérgio Oliveira | 22 de Maio de 2016 às 14h13

A Apple sempre faz mistério sobre as novidades que vai implantar em seus novos iPhones, mas isso não impede que fontes ligadas à companhia deixem escapar alguns detalhes a respeito dos cobiçados aparelhos.

O mais recente rumor nesse sentido é que a Maçã está trabalhando num iPhone feito todo em vidro. A informação foi ventilada pela Catcher Technology, uma das fornecedoras da carcaça de metal que reveste o iPhone. Durante uma reunião com acionistas, Allen Horng, que ocupa a presidência executiva da fornecedora, deixou escapulir que apenas uma versão do aparelho adotará o revestimento de vidro.

"O que sei é que apenas um modelo de iPhone adotará a carcaça de vidro no próximo ano", disse o CEO. "Não acredito que essa estratégia impactará as receitas da Catcher, já que esse tipo de carcaça [de vidro] ainda exige a instalação de molduras metálicas".

O boato aparece num momento em que muitos analistas apostam que a Apple está fomentando a ideia de mudar o design do iPhone, que carrega praticamente o mesmo visual desde o lançamento do iPhone 5 em 2012. De lá para cá, quase nada mudou na aparência do smartphone, e rumores recentes indicam que o iPhone 7 virá com o mesmo design que todos já conhecem.

Esta não é a primeira vez que se cogita a adoção de vidro como revestimento para os iPhones. Os primeiros rumores surgiram em 2014, quando a empresa registrou uma patente que demonstrava como o material seria empregado num hipotético iPhone. Já o analista Ming-chi Kuo, da KGI Securities, aposta que o tal "iPhone de vidro" já está em seus últimos estágios de desenvolvimento e provavelmente dará as caras em algum momento de 2017.

Embora sejam apenas especulação, as previsões fazem sentido, principalmente se percebermos que o design do aparelho não muda desde o iPhone 6. Além disso, no ano que vem o iPhone completa 10 anos de existência e nada como um bom tapa no visual para levar milhões de pessoas a comprarem um novo smartphone da marca. É esperar para ver.

Fonte: Techtimes (1) (2), Nikkei Asian Review