Apple espera vender menos iPhones no início de 2022

Apple espera vender menos iPhones no início de 2022

Por Victor Carvalho | Editado por Wallace Moté | 02 de Dezembro de 2021 às 13h50
Apple

A Apple sofre com a pandemia de covid-19. Mesmo com estoque suficiente para as vendas de fim de ano, a marca prevê baixa procura de consumidores para as próximas semanas, e alerta seus fornecedores a respeito da baixa demanda de iPhones prevista para o início de 2022.

A informação foi publicada pelo jornal Bloomberg nesta semana. Tal aviso não deve refletir a previsão de vendas para o último trimestre de 2021, uma vez que promoções de fim de ano e feriados movimentam o volume de vendas de produtos Apple.

Em outubro a Apple aprovou um corte de produção de 10 milhões de unidades pela falta de disponibilidade de peças e processadores, reduzindo o objetivo de 90 milhões para 80 milhões de modelos fabricados.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Apple já prevê redução nas vendas de iPhones no início de 2022 (Imagem: Reprodução/Apple)

Ainda ontem noticiamos que o fim de ano aqueceu as vendas de iPhones e que estimativas apontam que a Apple deve superar concorrentes na venda de celulares durante o último trimestre de 2021.

O cenário de baixas vendas para o início de 2022 já era esperado, uma vez que o primeiro trimestre do ano costuma ser inferior ao período anterior, mas o lançamento do próximo iPhone SE como celular 5G mais barato da Apple deve reaquecer seu volume de vendas ao final do primeiro trimestre.

Fonte: Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.