Ano difícil pra Apple? Venda de iPhones despencam na China

Por Redação | 09 de Fevereiro de 2017 às 18h08
photo_camera DepositPhotos/ifeelstock

Enquanto o novo iPhone, previsto para o final do ano, não chega, 2017 pode ser um ano complicado para a Apple no mercado chinês. Um levantamento apontam que o smartphone da Maçã não está indo bem em vendas no país asiático.

Segundo a Canalys, consultoria internacional de mercado, em 2016 a Apple teve remessas de aproximadamente 43,8 milhões de unidades do iPhone em terras chinesas, uma queda de 18,2% em relação ao ano anterior.

De acordo com a consultoria, 2017 não ajudará muito a melhorar estes números, já que a empresa enfrenta uma pesada concorrência de marcas locais como Huawei, Oppo, Vivo, e Xiaomi, que ocupam os quatro primeiros lugares entre as fabricantes que mais vendem no país.

"Este ano, o panorama permanece nebuloso para a Apple para reconquistar a boa performance que teve na china em 2015", afirmou um analista da Canalys.

A China é um mercado decisivo para a Apple escalar seu número global de vendas de iPhones, e a queda no país teve um efeito considerável. A queda no mercado chinês representou uma queda de 7% no total de iPhones enviados globalmente para o mercado.

O drama da Apple na China é semelhante ao que a companhia enfrenta em outro mercado emergente: a Índia. As vendas da companhia estão limitadas aos grandes centros urbanos e os preços de seus aparelhos são altos para o padrão aquisitivo da população geral. A companhia já fez manobras para endereçar os nichos menos "premium" de mercado, com aparelhos como o iPhone 5C e o iPhone SE, lançado no ano passado.

Fonte: PC World

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.