Anatel já homologou baterias do iPhone SE

Por Redação | 15 de Abril de 2016 às 10h49

O iPhone SE ainda não tem data para chegar ao Brasil, mas, pelo menos, deu um passo para estar mais próximo disso. Nesta sexta-feira (15), a Agência Nacional de Telecomunicações incluiu em seus sistemas a homologação das baterias do aparelho, em três modelos diferentes, mas com as mesmas configurações.

Os componentes de códigos 616-00106, 616-00107 e 616-00108 são os mesmos usados nos Estados Unidos no modelo A1723 do celular. Isso confirma que o iPhone SE que chegará ao Brasil é o mesmo utilizado pela operadora americana Sprint. Já não é a primeira vez que modelos americanos chegam por aqui, no que constitui uma boa notícia também para quem deseja importar o dispositivo.

Em todos os casos, as baterias têm as mesmas características. A expectativa da Apple é de uma autonomia de mais de 200 horas em stand by e 14 horas em conversação, além de 50 horas de música. Todos sabemos, entretanto, que não é bem assim que as coisas funcionam, e que o quanto sua carga vai durar depende de diversos aspectos, como a conexão com a internet utilizada, a quantidade de aplicativos realizando atualizações de segundo plano e as configurações de economia, como brilho da tela, tempo de desligamento e outros.

Resta ainda o aparelho em si, que também precisa ser homologado pela Anatel para que possa ser vendido no Brasil. Esse processo é obrigatório para todo componente conectado que chega às lojas por aqui, e serve para garantir um funcionamento adequado com as redes locais, além de verificações de segurança e adequação.

Por enquanto, o iPhone SE não tem data para chegar ao Brasil. Em países como os Estados Unidos e Reino Unido, ele chegou em 31 de março, enquanto uma segunda leva de lançamentos, em 5 e 6 de abril, o trouxe para mais países da Europa. De acordo com rumores recentes, por aqui, ele custará a partir de R$ 2,7 mil na versão com 16 Gb de capacidade.

Fonte: Mac Magazine

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.