Vendas do iPhone 6 estariam incentivando economias nacionais

Por Redação | 05 de Novembro de 2014 às 13h39
photo_camera Divulgação

O iPhone 6 tem mais um título para chamar de seu e ele não se relaciona a seu sucesso, pura e simplesmente. Um analista do Credit Suisse, um dos maiores bancos de investimento do mundo, afirmou em um relatório que os novos aparelhos da Apple estariam incentivando a economia de diversas nações ao redor do mundo, seja em termos da atividade da indústria ou na ampliação do mercado de tecnologia. Saiu no Business Insider.

De acordo com os dados revelados pelo especialista Hiromichi Shirakawam, houve aumento de 2,7% na produção industrial em setembro por conta da fabricação dos celulares. Além disso, no Japão, o setor de tecnologia e eletrônicos registrou um crescimento de 12,4% devido às vendas dos novos aparelhos, que também bateram recordes por lá.

A avaliação do especialista do Credit Suisse foi validada por dados oficiais revelados pelo governo australiano, que também demonstrou ganhos de 1,2% no varejo do país. Do total adicional registrado, 9,2% foram relativos apenas ao setor de eletrônicos, com o iPhone 6 e seu irmão maior, o Plus, sendo os grandes motores desse crescimento.

A expectativa é que as vendas dos modelos, combinados, cheguem a 80 milhões de unidades até março do ano que vem. É um número absurdo e, com o preço nada modesto dos smartphones, é muito dinheiro entrando no varejo mundial, principalmente quando se leva em conta que, além dos equipamentos em si, a chegada de qualquer novo celular movimenta também as vendas de outros produtos, como capas, fones e outros acessórios.

São boas notícias, acima de tudo, para a Apple, que vem experimentando grande sucesso na venda de seus novos aparelhos mesmo com todos os problemas que o modelo Plus, principalmente, tem apresentado. Mais do que isso, representa uma boa perspectiva de trabalho junto a governos que, ao enxergarem a diferença mercadológica que o iPhone faz em suas respectivas economias, podem acabar estando mais dispostos a trabalhar com a Maçã em lançamentos e eventuais reduções de preço dos aparelhos ao redor do mundo.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.