Toneladas de iPhones 6 já foram enviadas da China para os Estados Unidos

Por Redação | 17.09.2014 às 11:50

No transporte da China para os Estados Unidos, não se fala em unidades de iPhone 6, mas sim em toneladas. E a antecipação para a chegada dos novos celulares da Apple, marcada para esta sexta-feira (19), transformou em notícia até mesmo o avião cargueiro que está trazendo os gadgets para o ocidente.

Como mostrou o site China Daily, 93 toneladas de iPhone 6 e iPhone 6 Plus foram carregadas no último domingo (14) em um aeroporto da província chinesa de Henan. O carregamento vai suprir a cidade de Chicago, nos EUA. Em outros aeroportos do país, cargas semelhantes foram despachadas com destino a cidades diversas nos Estados Unidos e Europa para suprir as primeiras lojas que estarão vendendo os equipamentos.

Avião iPhone 6

Pilotos e funcionários também participaram dessa empolgação, publicando imagens da carga já no interior dos aviões e pronta para decolar. “Sinto-me privilegiado de ser uma pequena parte da cadeia de produção da Apple”, disse um dos comandantes que levou o avião da China até a cidade de Anchorage, nos Estados Unidos. Os aparelhos foram transportados em Boeings 747 e o controlador disse até mesmo ter voado “um pouquinho mais rápido” quando estava sobre o Oceano Pacífico para garantir que a remessa chegasse a tempo.

Avião iPhone 6

É um olhar interessante sobre a cadeia de distribuição e que normalmente não se vê por aí. Por mais que os celulares só sejam disponibilizados ao público no dia 19, a essa altura do campeonato eles já devem estar nas lojas, o que explicaria a ocorrência de gente com os dispositivos nas mãos antes da hora. Afinal de contas, sempre tem um parente ou um amigo que “arruma” um jeitinho.

Oficialmente, o iPhone 6 e o iPhone 6 Plus serão lançados nesta sexta-feira, mas só em países como o já citado Estados Unidos, além de alguns da Europa e Ásia. A expectativa da Apple é liberar o aparelho em mais de uma centena de territórios até o final de 2014. Ainda não há informações oficiais de quando o novo smartphone chegará ao Brasil.