Samsung é parceira da Apple na fabricação de processadores para o iPhone 7

Por Redação | 12 de Dezembro de 2014 às 15h15

Essa é mais uma daquelas parcerias que contrastam com a presença “real” das empresas no mercado. Enquanto Apple e Samsung se digladiam em todo o mundo pelo domínio do mercado de smartphones, “por trás dos panos”, as companhias são parceiras na fabricação do processador A9, que deve ser a grande força da próxima geração de iPhones.

Seja a bordo de um iPhone 6s ou de um modelo 7, o componente promete ser o mais rápido já lançado para a linha, sendo construído sobre uma tecnologia de 14 nm. Como não possui unidades de fabricação próprias, a Apple confia em parceiros como a Foxconn e até mesmo a Samsung para montar seus aparelhos e produzir seus componentes. É justamente nisso que consiste a nova união entre as amigas e rivais, não confirmada oficialmente, mas relatada pelo site coreano ETNews.

Por enquanto, a produção dos chips A9 estaria concentrada apenas nas unidades da Samsung nos Estados Unidos, já que a Apple deseja acompanhar de perto os primeiros lotes do componente para garantir seu funcionamento. Passada essa fase, em algumas semanas, a fabricação começa a ser feita também em unidades na Coreia do Sul, mais próximas das usinas de fabricação da Maçã, que ficam na China.

Essa mudança teria sido feita para evitar alguns dos problemas de produção pelos quais passaram os novos iPhones 6, que chegaram até mesmo a faltar em algumas lojas dos Estados Unidos e Europa. Ao acompanhar a fabricação dos chips de maneira mais próxima, a Apple também garantiria seu funcionamento e evitaria futuras falhas de performance, que também poderiam acabar minando os novos lançamentos.

A expectativa de lançamento dos modelos, porém, é apenas para o final do ano que vem. Existem rumores de que, diante das falhas de design e os diversos problemas enfrentados principalmente pelo iPhone 6 Plus, a Apple poderia alterar seu calendário normal de lançamentos e não criar versões mais avançadas dos celulares atuais, e sim pular diretamente para a sétima geração dos smartphones.

Oficialmente, porém, nem mesmo a união com a Samsung foi confirmada. A Apple, como sempre, se mantém em silêncio em relação a rumores e especulações relacionados a seu futuro.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!