Rumor: Xiaomi iniciará fabricação de smartphones no Brasil em março

Por Redação | 20 de Fevereiro de 2015 às 12h21

Maior fabricante de smartphones da China, a Xiaomi está chegando ao Brasil. Com um escritório aberto em São Paulo desde julho do ano passado, a empresa evita falar quando começará a vender seus aparelhos por aqui, mas uma fonte supostamente ligada à Foxconn revelou à Exame que a marca deve começar a fabricar protótipos nacionais já em março.

A informação, claro, por enquanto não passa de um rumor e a empresa se limita a afirmar que as vendas começarão durante este semestre. Mesmo assim, o cronograma vazado faz sentido, uma vez que se a fabricação dos protótipos acontecer até a segunda quinzena de março, pode-se esperar que os aparelhos cheguem ao mercado entre abril e maio.

Como se sabe, a Foxconn é a fabricante da marca na China e também será no Brasil. Ao todo, a montadora já conta com três fábricas instaladas em Jundiaí, Indaiatuba e Manaus. Além disso, a Xiaomi já obteve homologação da Anatel para o Redmi Note 4G, um aparelho de 5,5 polegadas, resolução de 1280 x 720 pixels, processador Snapdragon 400 quad-core, 2 GB de RAM e 8 GB de memória interna expansível. Na Índia, o preço sugerido do aparelho é R$ 450.

Mesmo que os rumores se confirmem, ainda não é possível arriscar qual será a estratégia de vendas adotada pela empresa para o mercado brasileiro. Na Ásia, os produtos são adquiridos exclusivamente pela internet, algo que reduz custos e tem se mostrado eficiente por lá. Aqui, ela supostamente já está negociando parcerias com operadoras.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.