Ovelhas tecnológicas alertam seus donos de possível ataque de lobos via SMS

Por Redação | 06 de Agosto de 2012 às 16h10

A criação de ovelhas é uma atividade muito comum na Suíça, mas o ataque de lobos aos rebanhos tem aumentado nos últimos anos. Para evitar isso, pesquisadores estão desenvolvendo um colar para os animais que é capaz de enviar um alerta para o seu dono sobre a proximidade de um lobo via SMS.

O colar monitora os batimentos cardíacos das ovelhas e assim que ele identificar sinais de estresse no animal, uma mensagem de texto é enviada diretamente para o celular dos donos do rebanho. "Esta é a primeira vez que o sistema é testado ao ar livre", afirmou ao Phys o biólogo Jena-Marc Landry.

Os sensores que monitoram os batimentos cardíacos das ovelhas são similiares aos usados por atletas para afinar ainda mais o rendimento deles, e já está sendo testado em um grupo de 12 ovelhas. Os testes consistem em assustar os animais com cachorros parecidos com lobos de verdade.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Segundo a BBC News, os testes revelaram que a frequência cardíaca em repouso de uma ovelha é de 60 a 80 batimentos por minuto e quando se assustam, a intensidade aumenta em até três vezes.

Os ataques e, consequentemente, as mortes dos animais são muito comuns em rebanhos menores e de pequenos criadores que não possuem um cão pastor. Além disso, muitos animais que se sentem ameaçados fogem e acabam se perdendo devido ao estresse sofrido.

Landry ainda afirma que os primeiros colares estarão disponíveis a partir do próximo outono (hemisfério norte) e eles serão equipados com um chip de celular que envia uma mensagem de texto para o smartphone do dono. O pesquisador também planeja acrescentar um spray repelente para evitar o ataque dos lobos em um futuro próximo.

Rebanho ovelhas

Os colares são equipados com chips de celulares e enviam mensagens em caso de perigo para os donos do rebanho

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.