Os melhores smartphones do ano (e que custam mais do que R$ 1400)

Por Pedro Cipoli

Para finalizar a lista de melhores smartphones do ano temos os modelos que custam mais de R$ 1400 (R$ 1500, R$ 1700 e até o infinito em um único smartphone, segundo o Rei do Camarote). Essa lista é para aqueles que estão pouco se importando com o preço. O que querem são os melhores recursos e o que há de mais moderno por aí, então nada de reclamar que está caro, hein?

Um ponto interessante que vale a pena destacar nos modelos "top" é que a variação de preço que eles sofrem é absurda. Os valores nos quais nos baseamos aqui são a média encontrada no dia de publicação deste artigo, e não os preços mais baratos ou de lançamento nem associados a planos de operadoras. Grande parte deles pode ser encontrada por valores menores, desde que o usuário procure com mais carinho ou espere promoções de lojas de departamento (e olha que não é muito difícil de achar).

Não incluímos modelos que não são vendidos oficialmente no Brasil, como é o caso do HTC One (e variações como o HTC One Mini e One MAX) nem outros que estão começando a cair no gosto popular, como Blu, Oppo e Xiaomi, que podem ser adquidos por meios mais "undergound", já que estes não possuem os frabricantes instalados oficialmente por aqui.

Sony Xperia ZQ - R$ 1500

Sony Xperia ZQ

Especificações

  • Processador: Qualcomm Snapdragon S4 Pro quad-core de 1,5 GHz e 2 GB de memória RAM
  • Tela: 5,0 polegadas com resolução 1920x1080 com tecnologia BRAVIA Engine 2 e proteção contra riscos
  • Diferenciais: um dos modelos mais acessíveis com tela Full HD, 4G e configuração suficiente para rodar qualquer aplicativo do Android
  • Principal limitante: as duas câmeras não mandam tão bem à noite

Por que está na lista?

O Xperia ZQ foi lançado pouco tempo antes do Galaxy S4 e foi um dos modelos que apresentou uma das maiores quedas de preço no mercado brasileiro, isso de forma bastante rápida. Sua configuração ainda sobra para praticamente qualquer tipo de app que o usuário queira rodar e ele traz um excelente gerenciamento de energia. Seus contras ficam por conta da câmera, pois mesmo que ela seja capaz de tirar fotos excelentes durante o dia, à noite apresenta ruídos e baixa qualidade.

Análise completa: Xperia ZQ, o mais novo smartphone top de linha da Sony

Samsung Galaxy Note II - R$ 1750

Samsung Galaxy Note II

Especificações

  • Processador: Samsung Exynos 4412 quad-core de 1,6 GHz e 2 GB de memória RAM
  • Tela: 5,5 polegadas com resolução 1280x720 com tecnologia Super AMOLED e proteção conta riscos
  • Diferenciais: phablet com configuração de sobra e S-Pen
  • Principal limitante: mesmo com mais de um ano de idade, seu custo ainda é alto

Por que está na lista?

O Galaxy Note II é um modelo lançado em 2012 e seu preço pouco diminuiu com o tempo. Porém, ainda é uma das melhores opções para quem faz questão de um phablet da Samsung sem ter que encarar o preço do Galaxy Note III, trazendo praticamente os mesmos recursos da versão mais recente, como a S-Pen e o conjunto de softwares, e compatibilidade com o Galaxy Gear. Mesmo com um processador relativamente defasado, ainda é capaz de fornecer uma excelente experiência de uso.

Análise completa: Galaxy Note II, funções de smartphone e tamanho de tablet

BlackBerry Z10 - R$ 1800

Blackberry Z10

Especificações

  • Processador: Qualcomm Snapdragon S4 dual-core de 1,5 GHz e 2 GB de memória RAM
  • Tela: 4,2 polegadas com resolução 1280x768 e proteção contra riscos
  • Diferenciais: aparelho mais acessível com o sistema operacional Blackberry 10
  • Principal limitante: aparelho muito caro para uma plataforma ainda incompleta

Por que está na lista?

O Z10 é o produto final depois de uma longa espera pela nova versão do sistema da BlackBerry. É um excelente aparelho, mas infelizmente chegou atrasado tanto no mercado brasileiro quanto no mundial, não sendo uma opção tão interessante em relação ao Android, iOS e Windows Phone. O foco do Z10 é o público corporativo, em especial pelo Blackberry Hub e BBM, mas pode ser uma boa escolha para quem está cansado das plataformas dominantes.

Análise completa: BlackBerry Z10: renascimento de uma empresa ou apenas mais um smartphone?

LG G2 - R$ 1800 - O campeão

LG G2

Especificações

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 800 quad-core de 2,2 GHz e 2 GB de memória RAM
  • Tela: 5,2 polegadas com resolução 1920x1080 com True HD, IPS+ e Gorilla Glass 2
  • Diferenciais: configuração de ponta, tela de qualidade e 4G
  • Principal limitante: não tem suporte para cartões microSD

Por que está na lista?

O maior trunfo do LG G2 é ele ter especificações de última geração, câmera de qualidade e uma das melhores telas disponíveis atualmente. Praticamente qualquer modelo top é lançado com um preço acima de R$ 2000, lucrando em cima dos usuários que são loucos por pagar caro pela novidade, e isso acontece com qualquer plataforma. Considerando que o G2 é um modelo com pouquíssimas falhas, como a falta de suporte para cartões microSD, e a LG não superfaturou (tanto) seu preço de lançamento, nós o elegemos o melhor smartphone do ano.

Análise completa: LG G2: tudo o que se espera de um smartphone "top", sem custar uma fortuna

Samsung Galaxy S4 - R$ 1900

Samsung Galaxy S4

Especificações

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 600 quad-core de 1,9 GHz e 2 GB de memória RAM, Exynos 5 Octa com quatro núcleos Cortex-A7 de 1,2 GHz e quatro núcleos Cortex-A15 de 1,6 GHz e 2 GB de memória RAM
  • Tela: 5,0 polegadas com resolução 1920x1080 com tecnologia Super AMOLED e Gorilla Glass 3
  • Diferenciais: sensores que fornecem novas formas de uso e configuração de sobra
  • Principal limitante: a sua média de preços o coloca em uma posição inferior aos concorrentes

Por que está na lista?

Grande parte dos usuários consideram a linha Galaxy S como um sinônimo de smartphone Android "top", e o Galaxy S4 é a encarnação desse conceito. Atualmente ele perde para uma série de lançamentos recentes, mas é importante lembrarmos que ele foi lançado no primeiro trimestre desse ano, e 6 meses em tecnologia são praticamente uma geração. Atualmente vale a pena comprá-lo? Apesar de suas especificações ficarem em uma posição inferior aos concorrentes, ele é um modelo completo, mas em poucos meses ele será ofuscado pelo novo lançamento da Samsung e sofrerá com o principal problema dos modelos da empresa: falta de atualizações.

Análise completa: Review: Samsung Galaxy S4, o rei dos smartphones top de linha

Apple iPhone 5c - R$ 2000

iPhone 5C

Especificações

  • Processador: Apple A6 com dois núcleos Swift de 1,3 GHz e 1 GB de memória RAM
  • Tela: 4,0 polegadas com resolução Retina (1136x640)
  • Diferenciais: configuração do iPhone 5, várias cores e 4G que funciona no Brasil
  • Principal limitante: tela sem proteção contra riscos

Por que está na lista?

O iPhone 5C nada mais é do que um iPhone 5 com um preço de lançamento ligeiramente menor e carcaça de plástico. Se por um lado isso o torna um pouco mais acessível (se é que podemos usar esse termo para iPhones) e ele traga suporte ao 4G nacional, algo que não acontecia com o iPhone 5, o usuário abre mão do tão desejado visual diferenciado dos modelos avançados do iPhone e leva para casa um modelo que não possui tela com proteção conta riscos.

Análise em vídeo: Análise: iPhone 5C, o novo smartphone da Apple

Nokia Lumia 1020 - R$ 2150

Nokia Lumia 1020

Especificações

  • Processador: Qualcomm Snapdragon S4 dual-core de 1,5 GHz e 2 GB de memória RAM
  • Tela: 4,5 polegadas com resolução 768x1280 e tecnologias Super AMOLED, PureMotion HD+ e Gorilla Glass 3
  • Diferenciais: melhor câmera da geração atual de smartphones e 32 GB de memória interna
  • Principal limitante: não tem suporte para cartões microSD

Por que está na lista?

Temos aqui uma câmera de 41 pegapixels com altíssima qualidade e que de quebra ainda faz ligações. Ah! Ele também vem com o Windows Phone 8, algo importante de mencionar. Esse topo de linha da Nokia tem um preço alto não pelas suas especificações, já que a experiência de uso é basicamente a mesma de um Lumia 920 ou Lumia 925, não valendo tanto a pena se o usuário está interessado somente na plataforma. O que conta aqui é a câmera, ainda sem concorrentes em nenhum outro sistema móvel que com certeza vai fazer você pensar umas 4 vezes antes de comprar uma câmera dedicada.

Análise completa: Review Lumia 1020: testamos o top de linha da Nokia!

Sony Xperia Z1 - R$ 2400

Sony Xperia Z1

Especificações

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 800 quad-core de 2,2 GHz e 2 GB de memória RAM
  • Tela: 5,0 polegadas com resolução 1920x1080 e tecnologias Triluminos e X-Reality Display
  • Diferenciais: além da configuração potente ele é à prova de d'água e poeira
  • Principal limitante: maior do que outros modelos com tela de 5 polegadas

Por que está na lista?

A Sony acertou na configuração, acertou na resistência a àgua e poeira, acertou na qualidade da tela, que é muito próxima das TVs da empresa, mas errou em dois pontos: o tamanho do aparelho, maior do que estamos acostumados em modelos de 5 polegadas, e na câmera. Não que a câmera seja ruim (não é), mas os 20,7 megapixels não são traduzidos em qualidade, além de ainda não se comportar muito bem em situações de baixa luminosidade, da mesma forma que o ZQ. Porém, quem procura um modelo "top" e faz questão de um Sony, essa é a melhor opção entre os modelos da linha Xperia.

Análise completa: Sony Xperia Z1: bonito, potente e à prova d'água

Sony Xperia Z Ultra - R$ 2600

Sony Xperia Z Ultra

Especificações

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 800 quad-core de 2,2 GHz e 2 GB de memória RAM
  • Tela: 6,4 polegadas com resolução 1920x1080 e tecnologias Triluminos e X-Reality Display
  • Diferenciais: configuração potente, à prova de d'água e poeira e TV digital
  • Principal limitante: sua construção de vidro não aguenta uma queda

Por que está na lista?

Um modelo de 6,4 polegadas não é para qualquer um, ultrapassando os limites de um phablet e, para alguns, do tamanho de tela razoável para um smartphone. Tablets começam nas 7 polegadas, sendo pouca coisa maior do que o Z Ultra, então nada de comprar um e depois dizer "não achei que era tão grande". Ele é enorme, e existe um público para ele. Quem estiver afim de encarar esse tamanho levará para casa um modelo bastante bonito e à prova d'água, mas nada de derrubá-lo no chão, já que tanto a parte frontal quanto a traseira são de vidro.

Análise completa: Sony Xperia Z Ultra: tamanho é relativo

Samsung Galaxy Note III - R$ 2700

Samsung Galaxy Note III

Especificações

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 800 quad-core de 2,3 GHz e 3 GB de memória RAM, Exynos 5 Octa com quatro núcleos Cortex-A7 de 1,3 GHz e quatro núcleos Cortex-A15 de 1,9 GHz e 3 GB de memória RAM
  • Tela: 5,7 polegadas com resolução 1920x1080 e tecnologia Super AMOLED e proteção contra riscos
  • Diferenciais: filma em 4K (versão 4G), S-Pen
  • Principal limitante: apesar de ser o Android mais poderoso até então, seu custo benefício é baixo

Por que está na lista?

As especificações fazem do Galaxy Note III não só o Android mais poderoso do momento, como também o modelo com o hardware móvel mais poderoso que há. Não sabemos se ele é uma opção interessante de upgrade em relação ao Galaxy Note II, afinal estamos falando de uma diferença de quase R$ 1000. Mesmo porque a Samsung não nos forneceu um modelo para testes, então não podemos dizer que ele é tudo o que aparenta ser com tanta certeza assim.

Apple iPhone 5S - R$ 2800

iPhone 5S

Especificações

  • Processador: Apple A7 com dois núcleos Cyclone de 1,3 GHz e 1 GB de memória RAM e coprocessador M7
  • Tela: 4,0 polegadas com resolução Retina (1136x640) e proteção contra riscos e óleo
  • Diferenciais: Touch ID e vídeos em slow-motion
  • Principal limitante: atualização do iPhone 5 sem grandes diferenciais

Por que está na lista?

Quem possui um iPhone 5 provavelmente não considera o iPhone 5S uma opção interessante de upgrade (a não ser, claro, se você tem muito, mas muito dinheiro sobrando). As mudanças ficam por conta do processador, cerca de 2 vezes mais rápido do que o do modelo anterior, a cor dourada (se você faz questão desse tipo de coisa) e do Touch ID. Aliás, o Touch ID é basicamente a grande diferença aqui, algo que o usuário pode fazer questão de ter e que não está presente nem no iPhone 5 nem no iPhone 5C. Caso não, melhor esperar o iPhone 6.

Acredita que há outros modelos que deveriam entrar nessa lista dos melhores entre os melhores? Qual é o campeão na sua opinião? Conte para nós nos comentários!

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.