Novas patentes da Apple indicam próximos iPhones com câmeras intercambiáveis

Por Redação | 30 de Janeiro de 2014 às 10h50
photo_camera Reprodução

Não há tempo ruim para os rumores envolvendo a Apple e o iPhone. Entra mês e sai mês e somos mergulhados diariamente em rumores e boatos que falam sobre a próxima geração de smartphones da companhia. Depois de especulações envolvendo a qualidade da câmera do próximo aparelho e o tamanho da sua tela, o site Apple Insider descobriu que a empresa conseguiu obter, nos Estados Unidos, duas patentes que podem indicar que, se não o próximo, as próximas gerações do iPhone poderão contar com um sistema de lentes intercambiáveis para a câmera ou um acessório que acrescente esse recurso a ela.

A primeira patente prevê um acessório que se acopla à câmera através de imãs

A primeira patente prevê um acessório que se acopla à câmera através de imãs

No primeiro caso, a patente descreve lentes intercambiáveis que se acoplam ao aparelho por meio de imãs. Uma vez acoplado ao aparelho, o sistema poderia ser controlado a partir do aplicativo da câmera graças a um mecanismo de indução embutido nele.

Já a segunda patente, intitulada "Painel traseiro para dispositivo eletrônico portátil com diferentes opções de lentes de câmera", prevê um acessório capaz de ampliar as funções da câmera. Descrito como um pequeno módulo, ele também se acoplaria à câmera e adicionaria a ela zoom óptico, estabilizador de imagem, filtros, funções para fotos macro, entre outras coisas. Ainda há a possibilidade do acessório vir integrado a uma capa traseira a ser utilizada com o telefone.

Já a segunda patente prevê um acessório que amplia as funções da câmera e que pode ser incorporado, inclusive, a capinhas de proteção

Já a segunda patente prevê um acessório que amplia as funções da câmera e que pode ser incorporado, inclusive, a capinhas de proteção

As patentes e ideias da Apple lembram bastante as patentes de câmeras e lentes QX10 e QX100 apresentadas pela Sony em 2013. A principal diferença, no entanto, é que a companhia japonesa previu que seus dispositivos precisarão de uma bateria própria para funcionarem. Já no caso da Apple, os possíveis acessórios não apresentarão nenhuma função adicional e, sem a necessidade de uma bateria externa, serão pequenos e apropriados ao iPhone.

Nenhuma informação oficial sobre as patentes foi fornecida pela Apple e, como acontece muitas vezes, é possível que os acessórios jamais vejam a luz do dia. No entanto, se eles se concretizarem, aparentemente as câmeras digitais compactas terão um futuro promissor pela frente. Vamos esperar para ver.

Leia também: iPhone 6 pode ser mais fino e teria lançamento marcado para setembro

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.