NFC do iPhone 6 só funcionará para Apple Pay

Por Redação | 16 de Setembro de 2014 às 10h43
Divulgação
Tudo sobre

Apple

Semana passada a Apple anunciou sua nova geração de smartphones, o iPhone 6 e o seu irmão maior, o iPhone 6 Plus. Ambos contam com tecnologia NFC, que equipa grande parte dos atuais aparelhos topo de linha. Após o anúncio, empresas de pagamento móvel estavam animadas com a possibilidade de ganharem usuários por meio do sistema presente nos novos iPhones.

No entanto, parece que o uso do NFC por outras empresas não acontecerá, pelo menos por enquanto. Um porta-voz da Apple, conforme publica o site SlashGear, confirmou que a tecnologia presente nos novos smartphones da empresa será utilizada apenas para o sistema de pagamento Apple Pay.

A expectativa era que as empresas do segmento de pagamentos digitais agregassem novas funcionalidades ao NFC, tornando-o ainda mais útil para os usuários. Infelizmente, parece que a Apple não quer deixar que outros serviços façam uso da funcionalidade de seu aparelho, pelo menos não por agora. Mas isso não quer dizer que o NFC ainda não seja uma boa ferramenta para os donos de iPhone 6 e iPhone 6 Plus.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Mesmo com a limitação do uso da tecnologia para o fim de pagamentos móveis, ainda há vários recursos que o NFC pode oferecer para os usuários do iPhone 6. Atualmente, a tecnologia é amplamente utilizada para emparelhar dispositivos com rapidez. As tags programáveis ou os códigos impressos também funcionam com o recurso NFC. Mas, ao que tudo indica, a Apple também não está muito interessada nisso. A empresa americana inseriu a nova tecnologia em seus aparelhos com o objetivo único, pelo menos por enquanto, de promover o Apple Pay.

Provavelmente a companhia não restringirá o serviço por muito tempo. E pode-se dizer isso se analisarmos o caso do Touch ID. Quando lançado no ano passado, a Apple manteve o sistema fechado para não ser utilizado em outras funcionalidades além das que a empresa havia criado. No entanto, a partir do iOS 8, a companhia convidou desenvolvedores para aproveitarem o sistema de segurança biométrica.

Pensando nisso, o sistema NFC poderia seguir o mesmo caminho. Talvez a restrição inicial esteja relacionada com o fato da Apple querer fazer ajustes para deixar a tecnologia funcionando perfeitamente em seus aparelhos para posteriormente aceitar que outras empresas tirem proveito do recurso.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.