Monstro: novo smartphone da Panasonic tem lentes Leica e sensor de 1 polegada

Por Redação | 15.09.2014 às 17:50
photo_camera Reprodução

É bem verdade que nos últimos anos ninguém mais quer saber de câmera digital e todo mundo usa seus smartphones para registrar diversos momentos da vida. Contudo, nem sempre a qualidade das imagens feitas por esses gadgets é tão boa assim e acaba frustrando o usuário. Pensando nisso, a Panasonic resolveu unir o útil ao agradável e colocar um potente sensor de imagens que mede 1 polegada em conjunto com lentes Leica no seu recém-anunciado smartphone, o The Lumix Smart Camera CM1.

O aparelho foi apresentado nesta segunda-feira (15) durante o evento Photonika, que está acontecendo na cidade de Colônia, na Alemanha. Embora a primeira reação seja compará-lo ao Galaxy Zoom da sul-coreana Samsung, o Lumix CM1 é um monstro completamente diferente. Isso porque sua câmera de 20 megapixels tem um sensor gigantesco de 1 polegada - o mesmo utilizado em câmeras como Sony Rx100.

Tudo no Lumix CM1 remete a uma câmera digital. As configurações monstruosas do sensor e do conjunto de lentes Leica faz com que as características de smartphone do aparelho fiquem em segundo plano

Tudo no Lumix CM1 remete a uma câmera digital. As configurações monstruosas do sensor e do conjunto de lentes Leica faz com que as características de smartphone do aparelho fiquem em segundo plano (Foto: Divulgação)

As lentes Leica f/2.8 completam o conjunto e dão ao smartphone poder de fogo para capturar imagens de qualidade muito superior a dos telefones comuns que vêm com lentes minúsculas embutidas na carcaça. Fora isso, tirar uma foto com o novo gadget da Panasonic é algo a parte: ele traz consigo um obturador dedicado e ajustes manuais de abertura e velocidade de captura das lentes.

Na lateral do corpo do aparelho, os tradicionais botões de volume e liga/desliga dividem espaço com o obturador da câmera.

Na lateral do corpo do aparelho, os tradicionais botões de volume e liga/desliga dividem espaço com o obturador da câmera (Foto: Divulgação)

Tirando as características que o fazem se destacar dos concorrentes, o Lumix CM1 parece um smartphone ordinário. Seu display de 4,7 polegadas possui resolução Full HD (1080p). Por debaixo da carcaça, o aparelho que roda Android esconde um processador Qualcomm Snapdragon 801, memória flash de 16 ou 32 GB de armazenamento, conectividade LTE 4G e slot para cartão microSD de até 128 GB - muito útil para armazenar imagens RAW e vídeos 4K capturados pelas poderosas lentes.

Além das lentes potentes, smartphone da japonesa terá controles manuais de velocidade e abertura do obturador. Imagens poderão ser capturadas tanto no tradicional JPG quanto no formato RAW

Além das lentes potentes, smartphone da japonesa terá controles manuais de velocidade e abertura do obturador. Imagens poderão ser capturadas tanto no tradicional JPG quanto no formato RAW (Foto: Reprodução)

O lançamento da câmera de fotografia que também é smartphone ocorre um ano após a japonesa anunciar que daria início ao desenvolvimento de smartphones destinados ao usuário comum. A expectativa é que o Lumix CM1 chegue primeiro aos mercados francês e alemão até novembro custando aproximadamente US$ 1.200 - valor próximo do de uma câmera profissional, diga-se de passagem.

A empresa não revelou planos de lançar o aparelho em outros países, então nos resta esperar para ver se ele desembarcará por aqui ou pelo menos nos Estados Unidos.