Mobilidade pode aumentar receitas em até 10%, indica pesquisa da Unisys

Por Redação
photo_camera Divulgação

A mobilidade pode trazer resultados surpreendentes para as empresas, de acordo com recente pesquisa da Unisys com aproximadamente 450 executivos das áreas de negócios e tecnologia em 13 países, incluindo o Brasil. Para 57% dos entrevistados no país, o percentual da receita das companhias aumentou entre 5% e 10% em 2013 por conta das iniciativas de mobilidade.

Helcio Beninatto

"Estes resultados mostram que o sucesso da mobilidade é baseado em um bom planejamento, estratégias inteligentes e execução consistente", comenta Helcio Beninatto, General Manager & Vice-presidente da Unisys para América Latina. "Por meio de uma abordagem disciplinada e integrada para mobilidade, as organizações podem aumentar a produtividade, receita, impulsionar a inovação e, principalmente, encontrar novas maneiras de atender os seus clientes”.

A pesquisa, encomendada pela Unisys e realizada pela IDG Connect, compara “empresas móveis” - consideradas formadoras de tendências e que possuem estratégias de mobilidade, métricas claras e planos de governança - com organizações sem estratégia de mobilidade.

Entre os principais resultados apontados pelos brasileiros, na grande maioria dos casos as iniciativas de mobilidade nas empresas criaram ou possibilitaram novas fontes de receita em 2013, principalmente devido à adesão de novos clientes, além de novos produtos e serviços que podem ser criados com base na mobilidade. Além disso, em mais da metade dos casos, tanto a receita quanto a produtividade aumentaram entre 5 a 10%, graças a essas iniciativas.

Já dentro das empresas, os setores que mais se beneficiam com a mobilidade são os de atendimento ao consumidor, gestão de relacionamento com o cliente, operações internas, vendas, RH, finanças e TI. A pesquisa aponta, ainda, que mais da metade das empresas está colocando em prática medidas para a proteção de dados via dispositivos móveis, e que o maior desafio para os próximos dois anos é criar estratégias para fornecer mais suporte móvel para os clientes.

Mobilidade corporativa

Para a grande maioria dos executivos entrevistados, a vulnerabilidade da rede quando acessada a partir de dispositivos móveis representa o principal desafio para adoção total por parte das empresas, enquanto que um número significativo se preocupa com outros aspectos relacionados à segurança, bem como o aumento de custos com manutenção, apresentando importantes desafios para adoção da mobilidade total. Outro problema recorrente é a falta de uma estratégia de negócios associada à mobilidade, um desafio que ainda exerce influência para a não adoção das tecnologias móveis.

A IDG Connect conduziu a pesquisa encomendada pela Unisys entre setembro e outubro de 2013, extraindo respostas de 449 responsáveis pela tomada de decisões das áreas de negócios e TI envolvidos em aquisições de tecnologias móveis e que ocupam cargos de direção ou nível superior em empresas com 250 ou mais funcionários. O estudo cobriu ao todo 13 países: Estados Unidos, Canadá, Brasil, México, Reino Unido, Alemanha, Itália, França, Espanha, Bélgica, Holanda, Austrália e Nova Zelândia.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!