'Iphone' da Gradiente teria sido lançado há quatro meses, porém com outro nome

Por Redação | 20.12.2012 às 10:13 - atualizado em 20.12.2012 às 10:35

O polêmico lançamento da família 'G Gradiente iphone' continua rendendo assunto. Agora, descobriu-se que o primeiro aparelho da linha, o Neo One, já havia sido lançado há cerca de quatro meses. O pessoal do Teletime, por exemplo, já havia anunciado no dia 22 de agosto desse ano o lançamento de um aparelho com as mesmas características do atual Neo One.

As especificações técnicas são exatamente iguais: Android 2.3.4, conexão 3G, Wi-Fi, Bluetooth e uma tela de 3,7 polegadas. As únicas diferenças entre o "velho" (chamado de Neo Dual Touch) e o novo aparelho são o preço e a nova nomenclatura. Há alguns meses ele custava R$ 900 e, após o relançamento no mercado, caiu para R$ 600 e ganhou o título de 'G Gradiente iphone'.

iphone da Gradiente

A Gradiente alega que não havia utilizado a marca 'iphone' até agora porque estava focada em reestruturar a empresa e retornar às atividades, o que aconteceu em 2012 quando as marcas da Gradiente foram arrendadas e começaram a ser geridas pela Companhia Brasileira de Tecnologia Digital (CBTD).

O lançamento do Neo One acompanhado do nome 'iphone' desencadeou uma grande confusão. Se a Apple conseguir provar que o aparelho da Gradiente está confundindo os consumidores aqui no Brasil, ela terá o direito de continuar comercializando seu smartphone. Mas, por outro lado, há quem diga que a Apple pode perder o direito de usar o nome de seu smartphone no país por ter feito o pedido de registro em 2006, seis anos após a Gradiente ter entrado com a solicitação no órgão.

Saiba mais: Gradiente vs. Apple: afinal, quem fica com o nome "iPhone" no Brasil?