Google divulga novo vídeo para mostrar desenvolvimento do Project Ara

Por Redação | 07 de Abril de 2014 às 10h01
Tudo sobre

Google

Parecia uma ideia absurda: um celular com uma única base e feito a partir de blocos removíveis. Essa era a proposta do Phonebloks, desenvolvida originalmente pelo designer holandês Dave Hakkens e que ganhou o apoio de mais de 50 mil pessoas em pouco mais de dois dias. O conceito, que ficou conhecido como Project Ara, chamou atenção de ninguém menos que a Motorola, que adquiriu o projeto no ano passado e agora está nas mãos do Google.

Basicamente, trata-se de um projeto open-source que permite ao usuário trocar os componentes do aparelho em vez de comprar um novo quando ele achar necessário. Por exemplo, se a câmera apresentar um problema, basta trocar o bloco que corresponde ao acessório por um novo, assim como adicionar conectividade 4G, melhorar o hardware, processador, tela e outras partes já presentes em um smartphone. Ou seja, a ideia é que o consumidor gaste menos dinheiro para renovar seu dispositivo móvel e tenha mais flexibilidade na hora de escolher quais componentes se encaixam melhor no gadget.

E para mostrar que o projeto anda a todo vapor, o Google divulgou na última quinta-feira (3) um vídeo que detalha como está o andamento do Project Ara. Nele é possível notar que o principal objetivo do conceito ainda é oferecer ao usuário um produto totalmente modificável e em nenhum momento do vídeo a companhia tenta esconder a aparência modular do aparelho. Também é revelado que os componentes são "plugados" à base principal graças a um sistema de imãs que os prende na parte traseira do dispositivo.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

Ainda não ficou claro como isso vai funcionar na vida real - ou se há o risco das peças se desconectarem da base quando estiver no nosso bolso ou mochila -, mas deu para perceber que o protótipo ainda está em fase inicial de testes. Outra novidade indica que a equipe por trás do Ara trabalha em pelo menos três aparelhos com tamanhos diferentes, sendo eles o modelo mini, com 2x5 espaços para módulos, o modelo médio, com 3x6 espaços, e o grande, com 4x7 espaços.

O Google ainda não divulgou a data de lançamento do Project Ara no mercado. Novas informações devem ser anunciadas durante o Google I/O, evento da gigante de buscas voltado para desenvolvedores que acontecerá em junho.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.