Foxconn deve contratar 90 mil funcionários para linha de produção do iPhone 5S

Por Redação | 30 de Julho de 2013 às 11h47

Fontes próximas à Foxconn afirmaram ao Focus Taiwan que a companhia começará o processo de contratação de cerca de 90 mil novos funcionários, que deverão atuar nas linhas de produção do iPhone 5S. A empresa havia efetuado um congelamento das contratações no começo do ano e, em abril, voltou a recrutar novos empregados para atender a demanda da Apple com seu novo smartphone.

Enquanto a Foxconn é a responsável pela fabricação da possível nova geração do iPhone, a Pegatron seria a produtora do tão comentado iPhone de baixo custo com a contratação de 40 mil funcionários, ou seja, um aumento de 40% em sua força de trabalho para atender a demanda. Um novo relatório do China Labor Watch sobre as fábricas da Pegatron confirmou a existência do iPhone com carcaça de plástico.

Muitos rumores indicam que a Apple deve apresentar o iPhone 5S, junto com sua versão mais acessível, em setembro ou outubro. O analista Ming-Chi Kuo afirmou ao AppleInsider que o 5S tem tido sua produção dificultada e que é bem provável que veremos uma quantidade de aparelhos limitada após seu lançamento. Kuo disse também que a produção do iPhone de baixo custo ainda não começou e que o dispositivo deve estar pronto somente no começo de setembro, revelando que a Maçã provavelmente tem planos para o lançamento separado dos dois produtos.

Acredita-se que o iPhone 5S deve manter o design do seu antecessor, mas deverá ser equipado com processador mais rápido e melhorias na câmera. Também especula-se que o novo aparelho será equipado com um leitor biométrico de impressões digitais embutido em seu botão Home.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.