Coreia do Norte começa a produzir seu próprio smartphone

Por Redação | 13.08.2013 às 11:07
photo_camera Reuters / KCNA

A Coreia do Norte anunciou que está produzindo seu primeiro smartphone, o "Arirang", que rodará o sistema operacional Android. O líder norte-coreano Kim Jong-Un visitou a fábrica do dispositivo para inspecionar os telefones, conforme informações da agência de notícias North Korea Tech.

Mesmo com o lançamento do dispositivo, os serviços de dados para celulares ainda são ilegais no país, que é extremamente rígido em relação ao acesso da população à Internet. Outros detalhes a respeito das especificações do smartphone norte-coreano não foram divulgados, mas sabe-se que ele terá uma tela sensível ao toque e câmera de alta resolução.

Smartphone norte-coreano

Kim Jong-Un visitou a fábrica onde o dispositivo está sendo produzido para inspecioná-los (Foto: Reuters / KCNA via Washington Post)

O Washington Post diz que, provavelmente, os smartphones serão encomendados de um fabricante chinês e enviados para a fábrica na Coreia do Norte, onde serão inspecionados antes de ir para as prateleiras. Há pouco tempo, o líder norte-coreano também acompanhou a vistoria de uma produção de tablets sem Wi-Fi no país.

Mas por que será que agora o governo está querendo endossar exatamente um tipo de tecnologia que ele lutou tanto para excluir da Coreia do Norte? A explicação mais provável é que o governo queira monitorar, ou até mesmo evitar a qualquer custo, qualquer tipo de infiltração de smartphones não aprovados no país. Ou, em uma hipótese mais otimista, as autoridades podem estar analisando uma possível ampliação do acesso à Internet no país.