Comparativo de sistemas móveis: Win Phone 8, iOS 6 ou Android 4.1 Jelly Bean?

Por Pedro Cipoli

De uns tempos para cá, usuários comuns começaram a prestar atenção nos sistemas operacionais de seus smartphones devido ao grande nível de sofisticação alcançado por eles. Android e iOS estão presentes na maioria dos modelos atualmente. O Windows Phone vem atrás mas, mesmo que lentamente, consegue acompanhar seus concorrentes. Discussões sobre "qual aparelho é melhor" estão se tornando cada vez mais comuns com usuários fiéis às suas plataformas.

O lançamento das novas versões desses SOs vai esquentar ainda mais o mercado, que está se tornando cada vez mais exigente. iOS 6, Windows Phone 8 e Android 4.1 Jelly Bean estão recheados de recursos para conseguir seu lugar ao sol, sendo que apenas este último pode ser encontrado atualmente no mercado. Então, o site Skotgat listou as principais características desses sistemas. Confira!

Tela inicial

  • Android: altamente customizável como em todas as versões do Android, a versão 4.1 do sistema trouxe um visual bastante futurista à plataforma mesmo se compararmos com a versão anterior. Nela é possível combinar ícones, adicionar widgets personalizados, instalar temas, wallpapers animados e praticamente qualquer tipo de alteração que o usuário desejar.
  • iOS: segue o padrão adotado desde o primeiro modelo do iPhone, com mudanças na qualidade da tela e só. Basicamente, é possível adicionar e deletar ícones e alterar o papel de parede.
  • Windows Phone: a versão 8 possui suporte a telas de alta resolução, que é uma boa notícia para os Live Tiles da plataforma seguindo a linha da interface Metro (ou qualquer outro nome que a Microsoft irá utilizar). A grande vantagem do Live Tiles é a possibilidade de ver notificações e outras informações sem ser necessário interagir com a tela, além da possibilidade de modificar o tamanho e cor delas sem grandes problemas, embora a interface geral em si permaneça a mesma.
Android 4.1

iOS 6 Windows Phone 8

iOS 6
Windows Phone 8

Velocidade

  • Android: com uma significativa melhora de perfomance em relação à anterior, a versão 4.1 é bastante fluida, ao contrário das primeiras versões do Google. As mudanças, conhecidas como projeto Butter, permitem que o sistema rode a 60 frames por segundo sem engasgos, ainda mais nos novos aparelhos quad-core como Nexus 7, Galaxy S3 e HTC One X rodando essa versão do SO.
  • iOS: os aparelhos fabricados pela maçã possuem uma relativa sobrevida, o que é uma boa notícia para os proprietários dos modelos iPhone 3GS da empresa, que também receberão a atualização do iOS 6. Eles serão capazes de rodar aplicativos com uma boa velocidade mesmo em processadores de baixa potência, embora a capacidade multitarefa deles não seja das melhores.
  • Windows Phone: rodando em configurações projetadas para a nova versão, o Windows Phone 8 possui quase todos os seus recursos acelerados por hardware - o que resulta em poucos travamentos e excelente velocidade de execução de aplicativos.
Android 4.1

iOS Windows Phone 8

iOS
Windows Phone 8

Aplicativos

  • Android: usuários do Android conseguiam baixar um aplicativo pago pela internet e instalá-lo em seu aparelho sem grandes problemas, fato que parece ter mudado com a versão 4.1 do sistema. Com mais de 600 mil aplicativos disponíveis no Google Play, eles não sofrem muita rejeição pelo Google, o que dá margem a eventuais vírus e aplicativos sem muita qualidade.
  • iOS: há um repertório maior do que o do Android e um nível relativamente mais alto devido à maior qualidade exigida pela Apple. Mesmo que tenha um grande número de apps pagos, é possível encontrá-los para virtualmente qualquer utilidade e raros são os malwares que aparecem para a plataforma, sendo também rapidamente eliminados.
  • Windows Phone: com poucos aplicativos disponíveis pelo seu pouco tempo no mercado de smartphones, possui compatibilidade (com algumas adaptações) com a maioria das aplicações que temos no Windows para desktop, o que dará um repertório maior à plataforma.
Android 4.1

iOS Windows Phone 8

iOS
Windows Phone 8

Mapas

  • Android: equipado com o Google Maps em aparelhos de todas as marcas, possui todos os recursos disponíveis na versão desktop da aplicação, como localização de trajetos, Street View, modo 3D, Turn-by-Turn (para utilização com o GPS), visão panorâmica e disponibilização de mapas offline.
  • iOS: a Apple deixou de utilizar o Google Maps para substituí-lo por sua própria aplicação, possuindo integração com o assistente pessoal Siri e visualização "helicóptero 3D" de algumas cidades pelo mundo.
  • Windows Phone: traz o Nokia Maps, disponível por enquanto somente nos Estados Unidos, de forma que usuários brasileiros tirarão pouco proveito deste recurso.
Android 4.1

iOS Windows Phone 8

iOS
Windows Phone 8

NFC

  • Android: implementado pelo Google através do Google Wallet, funciona em certos lugares que permitem compras com essa tecnologia e compartilhamento de arquivos.
  • iOS: o chip NFC atualmente não está disponível em nenhum aparelho comercializado, mas rumores dizem que a próxima geração de iPhones (iPhone 5 ou novo iPhone) virá com o dispositivo e com todos os recursos oferecidos por ele.
  • Windows Phone: permite o compartilhamento de arquivos do Microsoft Office, fotos e contatos com outros aparelhos compatíveis.
NFC

Não consideramos recursos como assistente pessoal, pois as soluções oferecidas pelas empresas proprietárias dos sistemas acima ainda não foram portadas completamente para outros países além dos Estados Unidos. Tanto o Siri (iOS) quanto o Google Now (Android) possuem pouca compatibilidade com o idioma português e utilização de dados dos países onde o usuário reside, e o Windows Phone 8 ainda não possui esse recurso.

Prefere alguma plataforma? Comente!