Claro, Oi e TIM poderão voltar a vender novos chips a partir de amanhã

Por Fernanda Morales | 02 de Agosto de 2012 às 18h08

As operadoras de telefonia móvel Claro, Oi e TIM poderão retomar as vendas de novos chips em todo o território nacional a partir desta sexta-feira (3), informaram fontes ligadas a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e ao Ministério das Comunicações.

Operadoras proibição Anatel

Desde o dia 23 de julho, as teles estavam proibidas de vender novos números em alguns estados brasileiros como punição pela falta de qualidade nas redes de transmissão e também pelo mau atendimento ao cliente em seus call centers. As empresas também teriam 30 dias para apresentar seus planos de investimentos em redes para os próximos anos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A TIM foi a mais afetada pela decisão, tendo suas vendas proibidas em 19 estados. A Claro teve suas vendas suspensas em três estados e a Oi em seis localidades.

A agência reguladora também determinou que caso as empresas descumprissem a decisão seria aplicada multa diária de R$ 200 mil.

E ainda nesta semana, o governo afirmou que as empresas já apresentaram seus planos de investimentos, porém, precisarão aplicar mudanças rigorosas em seus serviços de atendimento até alcançar um "padrão europeu".

A Claro afirmou que irá investir R$6,4 bilhões, a Oi R$5,5 bilhões e a TIM R$8,8 bilhões, totalizando R$20 bilhões de investimentos em redes nos próximos dois anos. Do montante, R$ 4 bilhões são provenientes da medida cautelar, ou seja, as empresas remanejaram alguns recursos para melhorar os atendimentos.

E depois do anúncio, a Anatel informou que fará um monitoramento trimestral das ações e dos serviços das operadoras, garantindo assim que as empresas mantenham o padrão estabelecido pelo órgão.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.