Chip promete reduzir radiação proveniente de celulares

Por Redação | 10 de Maio de 2013 às 08h35

Uma equipe de pesquisadores liderada pelo empresário Haim Einhorn criou um chip capaz de reduzir a taxa de absorção de radiação proveniente de telefones celulares. O dispositivo já tem até nome: Bodywell Chip. Ele custa US$ 30 (R$ 60) e utiliza um processo patenteado que reduz a taxa de absorção de energia de radiofreqüência eletromagnética (RF) em mais de 80%.

De acordo com os pesquisadores, o Bodywall Chip pode ser acoplado ao smartphone ou celular para diminuir a emissão de radiação e não atrapalha a recepção ou transmissão de sinais funcionais do aparelho, ou seja, não interfere em seu desempenho.

Muitos problemas de saúde já tiveram a radiação de telefones celulares como causa apontada. Tais problemas envolvem desde a diminuição da contagem de espermatozóides até o desenvolvimento de tumores cerebrais, e forçaram vários países a exigir que os fabricantes de celulares reduzissem a taxa de absorção específica (SAR) – a quantidade de energia RF absorvida pelo corpo humano durante o uso do telefone celular – a não mais que 1,6 watts por quilograma.

A maioria dos celulares atuais cumpre essa regra, mas para torná-los mais seguros, muitas pessoas estão comprando dispositivos para bloquear ou monitorar a radiação.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.