CEO da Blackberry está focado em ganhar dinheiro

Por Redação | 10.11.2014 às 16:32

Quem acompanha o cenário do mercado de tecnologia sabe que a Blackberry deixou de ser a gigante da inovação e passou por grandes dificuldades financeiras – a fusão com outras companhias chegou a ser cogitada duas vezes. Especialistas afirmaram que a empresa estava em uma "espiral da morte", algo que culminaria na venda da organização ou em sua falência. Contudo, a diretoria da Blackberry decidiu ir por outro rumo.

Há um ano, John Chen foi contratado como CEO da companhia pioneira dos smartphones, com o objetivo de fazer com que a Blackberry voltasse a dar lucros. Com a vinda do novo executivo, foi estabelecido um plano de duas fases para reerguer a companhia. Por conta disso, Chen afirmou que eles estão "organizando a linha de produção, fornecedores e dinheiro" para que a empresa "nunca mais perca dinheiro".

Um foco bastante sério

Em uma entrevista na semana passada, o CEO deixou bastante claro que o foco do seu trabalho está na geração de lucro. Por conta disso, a Blackberry não vai lançar uma grande quantidade de aparelhos ou tentar revolucionar o mercado de dispositivos mobile. Serão fabricados gadgets de qualidade e com um baixo preço de produção, assim como a venda de ações e o oferecimento de serviços no formato de aplicativos.

Uma prova de que a administração de Chen está dando certo é que a companhia voltou a contratar funcionários, além de ter comprado pequenas empresas para investir no crescimento de novos produtos e ideias. Essa evolução levou um ano para acontecer e fechou a primeira fase de recuperação da Blackberry, preparando o terreno para a segunda e provável última etapa de geração de lucro.

Ainda não é definitivo

Apesar de os últimos doze meses terem gerado uma melhora que afetou positivamente as ações da Blackberry, nem todos os analistas estão convencidos da recuperação da empresa. Assim como explica o especialista Brian Collelo, a maior questão é a forma como a companhia vai atrair demanda para os seus produtos e fazer com que todos os seus serviços continuem gerando uma quantidade cada vez maior de dinheiro.

De acordo com o Businees Insider, para que isso aconteça, Chen alegou que a sua equipe vai investir na renovação de apenas um pequeno grupo de produtos – aqueles com maior chance de sucesso. O CEO também contou que está confiante na aceitação desses produtos, incluindo o design deles. Agora, só o tempo nos dirá se toda essa preparação vai dar certo, não é?