BlackBerry volta a falar em versão do Messenger para Windows Phone

Por Redação | 31 de Março de 2014 às 13h01

Com a revelação de que o BlackBerry Messenger atingiu a marca de 85 milhões de usuários ativos, a empresa reafirmou seu compromisso de lançar uma versão do aplicativo para Windows Phone antes do final do primeiro semestre de 2014. A ideia é diversificar a plataforma cada vez mais, de forma que ela permaneça relevante e conquiste cada vez mais adeptos.

O foco em software é uma das grandes mudanças pelas quais a BlackBerry está passando sob a direção de John Chen, o atual CEO da companhia. Apesar de ainda apresentar números negativos a cada trimestre, a companhia espera recuperar sua situação até 2016 mantendo-se como uma das principais expoentes do mercado mobile corporativo.

Como parte da estratégia de expansão do BlackBerry Messenger, a empresa já firmou um acordo com a Nokia para que o aplicativo venha pré-instalado em diversos aparelhos da linha Lumia. Assim, a companhia espera aumentar ainda mais os seus números, mas sem cair na armadilha de ter diversos perfis não utilizados. Hoje, a plataforma conta com 113 milhões de usuários cadastrados, mas apenas 85 milhões são ativos.

Além disso, a ideia por trás da chegada ao Windows Phone é seguir a mesma dinâmica dos lançamentos para Android e iOS, permitir a comunicação entre diversos sistemas operacionais e dar versatilidade a seus usuários. Além disso, uma das grandes características a favor da BlackBerry é a segurança do serviço, que raramente é alvo de ataques hackers e quase não possui bugs que comprometam seu funcionamento.

Num futuro próximo, o BlackBerry Messenger também deve ser monetizado por meio de sistemas de publicidade, com canais patrocinados e stickers criados por marcas parceiras. Testes de um sistema de transferência de valores integrado ao software também já estão ocorrendo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.