BlackBerry pode sobreviver como empresa de nicho, diz diretor

Por Redação | 03 de Setembro de 2013 às 08h00

Outrora líder do mercado corporativo de smartphones, agora a BlackBerry luta para sobreviver. Em entrevista ao The Wall Street Journal, Bert Nordberg, membro do conselho que decidirá o futuro da empresa e ex-CEO da Sony Ericsson, afirmou que é possível que a companhia sobreviva se aparar algumas arestas e se dedicar a um nicho de mercado.

Nordberg disse que há subsetores da BlackBerry que podem ser extintos, caso a empresa opte por rever todo seu plano de negócios e tornar-se mesmo uma fabricante de nicho. Entretanto, a BlackBerry sempre teve ambições maiores, como competir com as gigantes Apple, Google e Samsung, o que Nordberg diz ser "difícil".

Apesar de anunciar que considera a própria venda, a BlackBerry não despertou ainda o desejo de nenhuma grande empresa, ao menos oficialmente. Há analistas que acreditam que a solução seria dividir a empresa em diversas partes, como já vem acontecendo com o BlackBerry Messenger, que seria controlada por uma divisão independente da empresa chamada BBM Inc. A ideia seria valorizar o serviço para a companhia se colocar à venda (vale ressaltar que há um app falso do BlackBerry Messenger circulando na web).

No início de agosto, o diretor geral da empresa no Brasil, João Stricker, afirmou que há a possibilidade de produzir smartphones no país, durante a inauguração de um centro de tecnologia da BlackBerry no Rio de Janeiro.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!