BlackBerry anuncia novos smartphones que trazem de volta o teclado físico

Por Redação | 20 de Junho de 2014 às 10h06

Mesmo em uma indústria dominada por smartphones com tela sensível ao toque, a BlackBerry promete voltar às raízes e lançar dois celulares com teclado físico semelhante aos primeiros dispositivos da empresa. São eles o BlackBerry Classic e o BlackBerry Passport. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (19) pelo CEO da companhia, John Chen, durante a divulgação do último relatório de contas da entidade.

Rumores sobre smartphones da BB com teclado QWERTY já rondam a internet desde o ano passado, quando os dispositivos ainda possuíam o codinome "Windermere". O BlackBerry Classic adota o design já conhecido dos primeiros celulares da empresa. Logo, o destaque fica com o Passport. Embora as especificações do aparelho não tenham sido reveladas, o telefone virá equipado com uma tela de 4,5 polegadas em formato bem mais quadrado que o usual em smartphones, cujo display é retangular. O formato não é novidade nos gadgets da companhia, mas está mais acentuado no BlackBerry Passport.

O teclado físico fica localizado logo abaixo da tela, com os botões um tanto "apertados" – a tecla de espaço, por exemplo, foi bastante comprimida entre as letras "V" e "B". De acordo com o site SlashGear, a BB fechou recentemente um acordo com a Amazon para que os smartphones executem os aplicativos Android mais baixados da Amazon Appstore. Além disso, a companhia agendou para setembro deste ano um evento no Reino Unido onde irá anunciar oficialmente o Passport e o Classic.

BlackBerry

(Foto: Divulgação/BlackBerry)

Os últimos relatórios financeiros da BlackBerry apontam que a empresa teve redução em sua receita de apenas 1% se comparada ao trimestre anterior, fechando em US$ 966 milhões. Durante o período, a venda de smartphones da empresa subiu, passando de 1,3 milhões no semestre anterior para 1,6 milhões de aparelho – números modestos em relação a outros concorrentes, como a Apple, que vendeu 43,7 milhões de iPhones no mesmo período.

Desde o final de 2013, a companhia mudou seu foco para atrair mais consumidores corporativos, mercado no qual a empresa é mais conhecida. As mudanças mais recentes na corporação incluíram o desligamento da cantora pop Alicia Keys, noemada como diretora criativa global pelo ex-CEO da empresa, Thorsten Heins, em janeiro do ano passado, e a contratação Ron Louks, ex-executivo da HTC Corp. e da Sony Ericsson, para gerenciar seu negócio de aparelhos.

Leia também:

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.