BlackBerry Passport vai custar US$ 599

Por Redação | 23 de Setembro de 2014 às 11h02

Enquanto o mundo mobile está seguindo cada vez mais pelo caminho do design esguio, com aparelhos finos e grandes telas, a BlackBerry resolveu fazer diferente para focar nos usuários mais tradicionais do segmento. É assim que a empresa define um de seus próximos grandes lançamentos, o Passport, que chegará às lojas dos Estados Unidos custando US$ 599, cerca de R$ 1.430.

Além do design diferenciado, temos a volta do teclado físico, que se tornou raridade no mundo de hoje, mas que, para a BlackBerry, poderá atrair as atenções de volta para os próprios aparelhos. Em entrevista ao Wall Street Journal, o CEO da companhia, John Chen, apontou também o formato diferenciado da tela como mais um incentivo à produtividade.

Para ele, um aspecto mais quadrado e largo permite que os usuários enxerguem mais elementos no display, facilitando a digitação e também a localização do que se procura na tela sensível ao toque. A BlackBerry não quer, de maneira alguma, se afastar de suas origens e seu principal público, o corporativo, e é justamente por isso que está investindo em uma linha de celulares diferentes do usual, com design voltado à produtividade e com foco total no trabalho que está sendo realizado no momento.

É essa a pegada da BlackBerry para atacar o mercado a partir do ano que vem e recuperar uma fatia que, cada vez mais, vem sendo perdida para aparelhos mais tradicionais, como iPhones e Galaxies, que apesar de serem voltados para todo o público, também vêm tendo apelo junto ao segmento corporativo. Para essa retomada, a companhia dividiu seu público em setores e trabalhará com quatro linhas de smartphones com perfis diferentes, mas que formam uma sinergia nas propostas da companhia.

O Passport, por exemplo, faz parte do segmento “clássico”, que querem celulares tradicionais e simples de serem utilizados, mas com propostas completas. A empresa pretende investir também em aparelhos mais baratos, com design de alto padrão e também em um público mais versátil e jovem, que procura diversas funcionalidades e aplicativos em um único dispositivo.

Os americanos recebem o BlackBerry Passport já nesta quarta-feira (24), em uma única opção, com o valor anunciado e sem contrato com nenhuma operadora. É uma estratégia que privilegia a liberdade de escolha, afirmou Chen, e permite que os usuários continuem com os planos que já possuem e substituam apenas o aparelho - uma iniciativa voltada diretamente para os usuários corporativos.

Para o Brasil, nada de previsão ainda. A empresa não se pronunciou sobre lançamentos internacionais do Passport, mas disse que ele está a caminho de outros territórios. Valores e datas, no entanto, não foram divulgados.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.