Ausência de suporte a áudio de Alta Resolução no iPhone 6 é comprovada por teste

Por Redação | 30 de Setembro de 2014 às 14h51

Durante o período de espera pelo lançamento do sempre muito aguardado modelo mais recente do iPhone, alguns rumores a respeito de a Apple estar pronta para introduzir em seu smartphone o suporte ao áudio de alta resolução começaram a surgir. A expectativa se tornou ainda maior após boatos de que a empresa estaria trabalhando, em conjunto com algumas gravadoras, em um catálogo de músicas em high-res a ser disponibilizado na Apple Store.

O áudio de alta resolução possui qualidade superior àquela observada em CDs. Ainda não existem padrões específicos para definir quando um arquivo de áudio é ou não de alta resolução, mas, de maneira generalizada, é chamada assim qualquer faixa com frequência de amostragem superior a 16-bit/44.1 kHz, encontrada em CDs normais. A maior frequência de amostragem encontrada hoje, e considerada o máximo em resolução de áudio, é de 24-bit/192 kHz, mas existem faixas de "menos qualidade", com 24-bit/96 kHz.

Apesar das expectativas altas pelo acesso à tecnologia, ainda existem poucos aparelhos que conseguem executá-la. O suporte às novas resoluções de áudio no mercado de smartphones foi introduzido pelo LG 92, seguido pelo Note 3 da Samsung. A Sony foi além e seus novos Xperia Z3 e o Z3 Compact utilizam a DSEE (Digital Sound Enhancing Engine), que promete elevar a qualidade das faixas de áudio para a alta resolução da melhor forma possível.

Voltando ao iPhone 6, agora que o smartphone já está disponível no mercado, foi comprovado através de testes de áudio que o suporte não foi implantado no novo modelo. Segundo o PhoneArena, o teste foi realizado por um expert em áudio, que gravou uma faixa de alta resolução em formato .wav, o executou no novo iPhone e regravou utilizando um software de gravação de alta qualidade, respeitando a frequência de amostragem de 96 kHz, 24 bits por amostragem.

Quando os arquivos gravados foram analisados utilizando um programa de edição de audio da Adobe, chegou-se à conclusão de que o smartphone da Apple de fato não possui suporte para áudio de alta resolução. Mas o que mais chamou a atenção foi o fato de que a ausência de suporte pode ter sido uma opção deliberada pela companhia, e não a falta de acesso à tecnologia, já que o processador de áudio presente no aparelho é totalmente compatível com as novas frequências.

Audio de alta definição iphone 6

Outra informação que sustenta a hipótese de opção da Apple pela ausência de suporte é um comentário feito em 2009 por Tomlinson Holman. O diretor de áudio da empresa questionou, na época, a utilizade prática de uma frequência de amostragem de 192 kHz. "Quem consegue distinguir 24 bits de precisão, uma parte em cerca de 17 milhões em pouco mais de 5 microssegundos? Ninguém consegue", afirmou Holman.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.