Apple quer disponibilizar 80 milhões de iPhones 6 até o final do ano

Por Redação | 11 de Setembro de 2014 às 14h07

A Apple está esperando uma das maiores demandas de toda sua história para a chegada do iPhone 6 e iPhone 6 Plus. É o que indica os mais recentes relatos vindos da China, onde as fábricas de parceiros de produção da empresa estão a todo vapor na fabricação de componentes e dispositivos. A previsão é que sejam colocados nas lojas de todo o mundo 80 milhões de smartphones até o final de 2014.

Deste total, pelo menos 10 milhões devem ser disponibilizados aos usuários já neste mês, quando a Maçã realiza o lançamento oficial dos aparelhos, na sexta-feira da semana que vem (dia 19). E a expectativa é que todo esse montante se esgote rapidamente, superando a marca recorde obtida no ano passado, quando 9 milhões de celulares foram comercializados no primeiro final de semana.

Ainda sobre a chegada do iPhone 5s às lojas, entre a chegada do gadget e o fim do ano passado, foram vendidas 51 milhões de unidades, número que já foi grandemente comemorado pela companhia. Mas se as previsões publicadas pelo DigiTimes estiverem corretas, a Apple está diante não apenas de uma disponibilidade muito maior, mas também de um fluxo de crescimento surpreendente, de 33% ao ano e constituindo a maior taxa de aumento na adoção do mercado.

Mais do que isso, os novos rumores batem de frente com informações antigas de que a empresa estaria com diversos problemas em suas unidades de produção, relacionados principalmente à chegada do iPhone 6 Plus. Inclusive, até foi especulado semanas atrás que o modelo com tela maior, de 5,5 polegadas, poderia dar as caras no mercado só depois da edição com display de 4,7 polegadas, mais tradicional e com um processo de fabricação mais próximo das versões atuais.

Pelo jeito, se tais dificuldades realmente existiram, elas já foram deixadas para trás. É claro, não existe confirmação oficial da Apple de que tais números realmente conferem, mas eles são bem adequados para a atual situação com as quais os novos aparelhos foram apresentados, após meses e meses de rumores e um completo silêncio por parte da companhia.

A expectativa da Maçã é disponibilizar o iPhone 6 e sua versão Plus em 115 países até o final do ano. Provavelmente, o Brasil faz parte desta lista, mas ainda não está na relação de países que receberão os celulares já no dia 19 de setembro, quando eles chegam aos Estados Unidos, Reino Unido, Japão, Canadá e Austrália, entre outros territórios.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.