Apple nega estar desenvolvendo versão mais barata do iPhone

Por Redação | 11 de Janeiro de 2013 às 10h32

Rumores divulgados pelo The Wall Street Journal e pela agência de notícias Bloomberg nesta semana indicavam que a Apple estaria produzindo uma versão mais barata do iPhone, em uma tentativa de conquistar mercados emergentes que são dominados por smartphones Android de baixo custo. No entanto, Phil Schiller, presidente de marketing da empresa, negou os rumores a um dos jornais do grupo Jiefang Daily.

"Apesar da popularidade dos smartphones baratos, isso nunca vai ser o futuro da Apple. Na verdade, apesar de a participação de mercado da Apple ser de apenas 20%, nós detemos 75% dos lucros", ressaltou Schiller. A entrevista foi concedida durante uma visita do atual CEO da Apple, Tim Cook, e de outros executivos à China – Cook se encontrou com o presidente da China Mobile.

As reportagens indicavam que o smartphone mais barato da Maçã deveria custar entre US$ 99 e US$ 149 (R$ 200 e R$ 302), seria equipado com uma carcaça de plástico e por componentes presentes em versões anteriores do iPhone. Para ter uma ideia, nos Estados Unidos, o iPhone 5 é vendido em sua versão mais básica por US$ 199 (R$ 403), enquanto no Brasil, ele não sai por menos de R$ 2.399.

iPhone

Acreditava-se que o aparelho seria vendido de US$ 99 a US$ 149

Já a principal concorrente, a Samsung, lançou nesta quinta-feira (10) uma nova versão do seu antigo sucesso de vendas, o Galaxy S II Plus. Em outubro do ano passado, a empresa sul-coreana também apresentou uma versão menor do seu topo de linha, o Galaxy S III.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.