Apple anuncia iPhone 6 e iPhone 6 Plus

Por Caio Carvalho | 09 de Setembro de 2014 às 14h20

A Apple finalmente revelou sua nova linha de smartphones, batizados de iPhone 6 e iPhone 6 Plus. Os dispositivos foram anunciados durante uma conferência para a imprensa em Cupertino, na Califórnia.

Sem muitas delongas, a empresa começou a apresentação com um vídeo institucional que mostrava a importância de se pensar diferente no lançamento de um novo produto e, com base nessa perspectiva, como a Maçã é focada em mudar o rumo do mercado. Em seguida, subiu ao palco o CEO da Apple, Tim Cook, que logo de cara revelou as primeiras curvas do iPhone de sexta geração e o seu modelo "gigante", nomeado "Plus", cuja tela é a maior já fabricada em toda a história da companhia.

Pelas fotos, é possível notar que o aparelho possui exatamente o mesmo visual que havia aparecido nos vazamentos dos últimos meses. Cook comentou brevemente sobre o iPhone 6 tradicional, aquele que não foge às raízes da empresa e da visão de Steve Jobs, que reprovava smartphones com displays maiores do que cinco polegadas. O dispositivo tem 4,7 polegadas - mais que o iPhone 5S, lançado no ano passado, que tinha 4 polegadas.

A grande novidade que arrancou aplausos dos convidados foi o iPhone 6 Plus, que nada mais é do que uma versão ampliada do iPhone 6. Então, vamos conhecer os detalhes desses novos e poderosos aparelhos.

Display

iphone 6

Embora a tela LCD Full HD de 5,5 polegadas não seja de vidro ultrarresistente de safira, como muita gente esperava, o display do iPhone 6 Plus e também do iPhone 6 possui a nova geração de telas da Apple, chamada de Retina HD. Além de usar uma camada reforçada de íon de vidro para dar mais resistência, a tecnologia aumenta em até 38% o número de pixels exibidos na tela em relação à Retina atual. Com isso, os usuários terão uma das melhores qualidades de imagens já vistas em um smartphone.

iPhone 6

O iPhone 6 vem com uma tela de 4,7 polegadas e 1.334 × 750 pixels (326 ppi) de resolução, e mede 6,9 mm. Para efeito de comparação, o iPhone 5S possui uma tela com 1.136 x 640 pixels de resolução. O iPhone 6 Plus, por sua vez, tem um display com 1.920 x 1080 (401 ppi) de resolução gráfica. Ou seja, 185% a mais de resolução encontrada no Plus do que em seu antecessor. A Retina HD veio para ficar, uma vez que esta é a maior mudança já feita pela Apple desde que a Retina foi introduzida em seus celulares, no iPhone 4.

Design

Apple iPhone 6

Os novos iPhones são finos. Bastante finos. O iPhone 6 tem apenas 7,1 milímetros de espessura, contra 6,9 milímetros do modelo de 4,7 polegadas - o iPhone 5S tem 7,6 milímetros. Soma-se a isso as bordas laterais, que tornam o item um produto ainda mais bonito, próximo ao visual que agradou os usuários nos anúncios do iPad Air e iPad mini. Falando nisso, ao virar o aparelho na horizontal, ele lembra um modelo mais compacto do tablet mini da Apple, facilitando o transporte e a visualização de vídeos e conteúdos.

Software

De fábrica, os novos iPhones chegarão com o sistema operacional iOS 8 instalado. Aliás, a Apple afirma que a plataforma móvel será lançada para todos os dispositivos compatíveis na próxima quarta-feira, 17 de setembro.

Hardware

iphone 6

Tanto o iPhone 6 quanto o iPhone 6 Plus são equipados com o processador A8 de 64 bits, que é 13% menor que o processador A7 apresentado no ano passado. De acordo com Phil Schiller, vice-presidente de marketing da Apple, o chip oferece 25% mais velocidade de performance na CPU e 50% mais rapidez na reprodução de gráficos, especialmente em jogos eletrônicos. Tudo isso sem comprometer o tamanho dos aparelhos, nem precisar comprimir os demais componentes para um melhor resultado.

Outra característica promovida pelo novo "coração" dos iPhones é um upgrade ao suporte de internet banda larga de quarta geração, o 4G (LTE). Os dois novos modelos de iPhone agora são compatíveis com 20 bandas diferentes de conexão, e as velocidades de download e upload foram aumentadas. Além disso, o Wi-Fi 802.11ac promete elevar em até três vezes a agilidade de baixar e acessar arquivos do que em qualquer outra geração do smarpthone da Apple. O hardware também oferece suporte para tecnologia NFC, que será usada principalmente para o sistema de pagamentos móveis lançado pela empresa, o Apple Pay.

Um novo processador de movimento chamado M8 foi incluído na arquitetura dos novos iPhones. Esse componente sabe quando o usuário está se movimentando de diferentes formas, seja correndo, andando de bicicleta ou subindo as escadas. Por meio do M8, o aparelho pode calcular elevação, distância e calorias queimadas, além de verificar diferenças de pressão do ar e altitude através de um barômetro interno.

E sabe aquele problema de que as baterias duram pouco? Pois é, ainda não é a hora de vermos celulares com autonomia de mais de semanas, e até meses. Contudo, os novos iPhones ganharam uma atualização significativa nesse quesito, pois, segundo a Maçã, poderão passar mais de dez dias no modo stand by, sem precisar recarregar... Será?

Câmera

Apple iPhone 6

O acessório fotográfico dos novos iPhones possui os mesmos 8 megapixels do iPhone 5S, mas com algumas diferenças bem interessantes. Uma delas é o Focus Pixel, um recurso de autofoco que é capaz de focar mais rapidamente, mesmo em ambientes de baixa luminosidade. Outra novidade é um sistema de estabilização óptica de imagem - ferramenta disponível apenas para quem comprar o iPhone Plus, uma vez que o iPhone 6 continua com estabilização digital.

No modo de foto panorâmica, o aparelho permite capturar fotografias de até 43 megapixels. Já quando o assunto é gravação de vídeo, o gadget também não deixa nada a desejar: é possível registrar vídeos em 60 frames por segundo em 1080p, enquanto no modo slow motion a filmagem pode chegar a 240 quadros por segundo. Isso tudo graças a abertura de lente de f/2.2, presente na câmera principal e frontal.

Preço

Apple

Segundo a Apple, a pré-venda dos novos iPhones começa nesta sexta-feira (12), e os envios estão programados para sexta da semana que vem, dia 19 de setembro. O iPhone 6, com tela de 4,7 polegadas, custará a partir de US$ 199 para a versão de 16 GB de capacidade interna, US$ 299 para a de 64 GB e US$ 399 para o modelo de 128 GB - os valores correspondem ao aparelho vinculado a um contrato de dois anos com as operadoras americanas AT&T, Verizon e Sprint.

Já o iPhone 6 Plus custará US$ 100 a mais para cada versão: US$ 299 (16 GB), US$ 399 (64 GB) e US$ 499 (128 GB). Ambos os modelos serão comercializados nas cores prata, dourado e cinza. A previsão é que os dispositivos sejam vendidos em mais de 115 países até o final deste ano.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.