Analistas acreditam que a Apple deverá lançar um iPhone 'para as massas'

Por Redação | 18 de Dezembro de 2012 às 11h11
Tudo sobre

Apple

O analista Gene Munster, da Pipper Jaffray, acredita que a Apple deverá lançar um novo iPhone "para as massas", com valor reduzido para competir com o crescente mercado de smartphones Android. Munster ainda observou que o mercado de smartphones cresceu 45% ano a ano no terceiro trimestre de 2012, enquanto a estimativa de vendas para o iPhone no quarto trimestre é de 45 milhões de unidades, resgistrando crescimento ano a ano de 23%. As informações são do Apple Insider.

"Acreditamos que o delta entre o crescimento do mercado de smartphones e o crescimento do iPhone irá forçar a Apple a lançar um dispositivo com menor preço apesar dos comentários afirmarem o contrário", afirmou Munster. "Olhando para trás, historicamente, o valor dos Macs sempre foi superior ao do mercado e, finalmente, o iPad e o iPad mini se tornaram os 'Macs das massas'".

Na visão do analista, a empresa de Cupertino 'precisa' lançar um modelo mais acessível do seu smartphone se quiser competir com o mercado de aparelhos mais baratos equipados com o sistema Android, do Google. Gene Munster sugere duas possibilidades para a empresa colocar em prática essa medida: o lançamento do atual modelo com preço mais baixo ou a criação de um iPhone sem alguns elementos como, por exemplo, tela Retina Display e outros componentes sendo vendido por algo em torno de US$ 200 (R$ 419) sem contrato.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

iPhone

Reprodução: VentureBeat

As previsões de Munster apoiam a opinião de outro analista, Ben A. Reitzes da Barclays Capital, de que a Apple precisa se renovar e lançar um modelo mais barato. Reitzes ainda prevê que o mercado de smartphones mais baratos deve crecer cerca de 70% em 2013 e mais 27% em 2014, graças ao mercado chinês onde os consumidores buscam por aparelhos mais baratos.

A Apple, por sua vez, mantém sua estratégia comercial de lançar novos modelos do iPhone a preços altos e continuar vendendo as gerações anteriores por preços um pouco mais baixos. No entanto, os analistas não estão muito satisfeitos com essa medida.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.