Apple deve vender 6 milhões de unidades dos iPhones 5S e 5C no lançamento

Por Redação | 19.09.2013 às 16:00 - atualizado em 20.09.2013 às 18:55

O analista da Gene Munster, da consultoria Piper Jaffray, afirmou que a Apple vai quebrar o recorde de vendas do iPhone 5 com o lançamento dos novos smartphones que acontece amanhã (20/09) em diversos países – o Brasil não está nessa lista. A previsão é de que sejam vendidas mais de 6 milhões de unidades dos iPhones 5S e 5C nos primeiros três dias de disponibilidade, 20% a mais que a quantidade de iPhones 5 vendida no ano passado.

Em 2007, o primeiro iPhone levou 74 dias para atingir a meta de vendas prevista para os novos aparelhos. Munster diz que o iPhone 5S, o modelo topo de linha, será vendido a 2,5 milhões de clientes, grande parte por encomendas prévias do aparelho. Na China, um dos mercado mais importantes para a Apple, é possível fazer resevas do smartphone. O modelo de relativo baixo custo da empresa, o iPhone 5C, atingirá 3,5 milhões de vendas, com mais de 66% vindas do varejo, não de encomendas, segundo o analista de mercado, de acordo com informações da Apple Insider.

Para Munster, a China será responsável pelo consumo de até 15% desses números. A Apple firmou uma parceria com a maior operadora do país, a China Mobile, para ampliar sua base de clientes na região.

No entanto, o analista diz que se a Apple não revelar os números de mercado, isso significaria que a companhia não conseguiu igualar ou superar o número de vendas do iPhone 5.

Com dois anos de contrato com telefonia nos EUA, o iPhone 5C estará disponível nas versões de 16 GB (US$ 99 nos EUA; de R$ 230) e 32 GB (US$ 199 - R$ 450). Já o iPhone 5S terá três versões: 16 GB (US$ 199 - R$ 455), 32 GB (US$ 299 - R$ 683) e 64 GB (US$ 399 - R$ 912), também com contrato com operadoras.

Os preços e a data de lançamento dos aparelhos no Brasil ainda não foram revelados. No entanto, essa data pode ser em dezembro.