Y: O Último Homem | Série baseada na HQ ganha teaser contando sua premissa

Por Felipe Gugelmin | Editado por Claudio Yuge | 15 de Julho de 2021 às 21h30
Captura de Tela/Canaltech

A série televisiva baseada nos quadrinhos de Y: O Último Homem, criados por Brian K. Vaughan e Pia Guerra, ganhou nesta quinta-feira (15) um novo teaser que conta mais sobre sua premissa principal. A adaptação narra a história de um mundo não muito diferente do nosso em que, do dia para a noite, 95% dos pilotos de linhas aéreas, 92% dos maiores CEOs do mundo e 85% dos agentes governamentais morreram — em resumo, quase todos os seres do gênero masculino foram exterminados.

A exceção é Yorick Brown, um dos dois únicos seres vivos de toda a Terra que não sucumbiu a algo que afetou todos os que possuem o cromossomo Y, junto a seu macaco Ampersand. Nesse cenário pós-apocalíptico, o protagonista sai em uma jornada pelos Estados Unidos para descobrir o que aconteceu e qual seu papel nessa nova realidade.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A adaptação está sendo produzida para o Hulu pela FX, e tem nomes como Diane Lane, Ashley Romans e Ben Schnetzer confirmados em seu elenco. O projeto começou a ser trabalhado em 2015, mas a produção de um piloto foi aprovado somente em 2018 — os showrunners originais, Michael Green e Aida Mshaka Coral, deixaram a série em 2019 e foram substituídos por Eliza Clark.

Y: O Último Homem tem estreia programada para o dia 13 de setembro deste ano e, até lá, a produção deve continuar divulgando novos detalhes e trechos dos episódios. Enquanto nos Estados Unidos a produção será exclusiva da Hulu (não disponível no Brasil), por aqui ela deve estrear no Star+, sistema de streaming da Disney que faz sua estreia nacional no dia 31 de agosto.

Reunindo os conteúdos adultos da empresa, a plataforma também vai trazer temporadas completas de Simpson e This is Us, além dos conteúdos dos canais ESPN e filmes como Deadpool. Até o momento, no entanto, a Disney não revelou qual vai ser o valor cobrado pela assinatura, tampouco quais serão os planos ofertas aos consumidores.

Fonte: CBR

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.