Stranger Things | Podcast oficial vai contar histórias do passado de Robin

Por Felipe Gugelmin | Editado por Claudio Yuge | 10 de Junho de 2021 às 23h30
Captura de Tela/Canaltech

Enquanto a aguardada quarta temporada de Stranger Things não chega à Netflix, a plataforma de streaming continua apostando em conteúdos que enriquecem seu universo. Em parceria com a Atypical Artists, a empresa está produzindo uma série de podcasts que vão contar mais sobre o passado de Robin Buckley, personagem que ganhou destaque na terceira temporada.

Rebel Robin: Surviving Hawkings (Robin Rebelde: Sobrevivendo a Hawkings, em uma tradução livre) vai ter seus episódios divulgados nas principais plataformas do gênero e terá um total de seis episódios publicados semanalmente. A produção vai servir de material complementar tanto à série quanto ao livro Stranger Things: Rebel Robin, escrito por A.R. Capetta e publicado pela Random House, que chega às lojas no dia 29 de junho — mesma data de estreia do podcast.

Com roteiro e direção de Lauren Shippen (The Bright Sessions), a série prelúdio tem participações confirmadas de Maya Hawke (que interpreta Robin) e Sean Maher (Firefly). O ator deve interpretar o personagem conhecido como Sr. Hauser, professor com o qual Robin se encontra regularmente para discutir temas como filosofia, amizade, independência e os filmes de Tom Cruise lançados em 1983.

“Uma história de amadurecimento sobre as dificuldades de ser diferente em uma cidade pequena, Surviving Hawkings explora como aprender a ser você mesmo é realmente a coisa mais corajosa que podemos fazer, porque isso traz o monstro mais assustador de todos: o julgamento de outras pessoas”, descreve a sinopse oficial.

Ainda sem data de lançamento confirmada, a quarta temporada de Stranger Things anunciou recentemente a adição de Amybeth McNulty a seu elenco. Conhecida por protagonizar Anne with an E, a atriz vai interpretar Vickie, conhecida como uma “nerd legal e falente” que vai chamar a atenção dos protagonistas. A previsão é que os novos episódios façam sua estreia na plataforma de streaming somente em algum momento de 2022.

Fonte: CBR

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.