Site pornô xHamster quer produzir terceira temporada de “Sense8”

Por Redação | 17 de Agosto de 2017 às 15h33
photo_camera Divulgação

Sense8 foi encerrada ao final de sua segunda temporada, para o desespero dos fãs assíduos da série que mostrava um grupo de oito pessoas misteriosamente conectadas umas com as outras. Agora, o site pornô xHamster está se oferecendo para financiar e produzir uma terceira temporada da série, que ficou conhecida também por exibir cenas eróticas entre pessoas do mesmo gênero.

Alex Hawkings, presidente do site, enviou uma carta aberta para Lana e Lilly Wachowski, criadoras da produção, dizendo que ficou triste com o cancelamento e propondo uma reunião entre os três para viabilizar uma nova temporada. Pelo fato de a série abordar temas como homossexualidade e poliamor, a xHamster vê em Sense8 uma produção “sem barreiras ou limitações” — perfeita para um site pornô.

Ainda não se sabe como foi a receptividade das irmãs ao lerem a carta, mas você pode conferir sua tradução, na íntegra, logo abaixo:

"Queridas Lana e Lilly,

Recentemente, nós lemos que vocês estão trabalhando na terceira temporada de Sense8, apesar de a Netflix não ter planos para renovar a série. Nós sabemos não é convencional, mas queremos trazer a série de volta — no xHamster. Não estamos falando de uma paródia ou algo parecido, mas de um revival da série.

Desde que soubemos do cancelamento, ficamos pensando se poderíamos fazer algo. Enquanto estamos felizes que a Netflix decidiu dar um final pra série, antes de vocês concluírem a história, nós queremos que vocês considerem outra opção — deixem que xHamster produza a série.

Nos escute.

Atualmente, o xHamster é um dos sites mais acessados da internet. Nós temos mais visitantes diariamente que o New York Times, EPSN e o Daily Mail. Diferente da Netflix, vocês não estariam competindo para ser parte de um orçamento de produção — seria todo de vocês.

Nós também temos disposição. Sabemos que uma série sobre esse tipo de diversidade é difícil de se vender em um lugar mainstream como a Netflix. Nós não temos essas limitações, e também entendemos implicitamente a interligação das sexualidades além dos limites. Resumindo, nós somos nós.

O xHamster tem uma longa história de luta a favor dos direitos de discurso sexual e sexualidade não-normativa. Além de permitir que bilhões de usuários se conectem com suas articulações individuais de gênero e sexualidade, nós continuamos a usar nossa audiência para falar contra as repressivas leis anti-LGBTQ nos Estados Unidos, além de ser a favor de educação sexual em escolas públicas, paternidade planejada e direitos dos trabalhadores sexuais.

Nós gostaríamos de marcar um encontro e ver se podemos nos encaixar no futuro de Sense8. Sabemos que somos uma casa improvável. Porém, cinco anos atrás, as pessoas riram da ideia de que a Netflix poderia produzir uma série original. Nós achamos que nossa hora, como a sua, chegou.

Sinceramente,
Alex Hawkins
Vice Presidente do xHamster."

Fonte: xHamster Blog

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.