Serviço de TV por assinatura do Hulu pode custar US$ 39,99 mensais

Por Redação | 13 de Abril de 2017 às 17h08

As TVs por assinatura já enfrentam a rivalidade de serviços de streaming como Netflix, Amazon Prime e YouTube, e outro player do setor, o Hulu, planeja ampliar ainda mais esta concorrência. A companhia está prestes a anunciar um serviço de TV por assinatura pela internet e os rumores mais recentes apontam que a mensalidade do novo serviço deve custar US$ 39,99 mensais.

A informação é do TechCrunch, que relembra ainda declarações de executivos da empresa ainda em janeiro deste ano. Naquele momento, os responsáveis pelo Hulu afirmaram que o seu próprio serviço de televisão não deveria custar mais de US$ 40 por mês.

Uma mensalidade da TV por assinatura do Hulu vai incluir no pacote acesso a todo o conteúdo sob demanda da plataforma, além das transmissões ao vivo. O serviço de TV do Hulu também deve incluir um sistema para gravação de conteúdo, além de apresentar diferentes planos. Uma das ideias é oferecer um plano com limite de 200 horas de programação por mês e outra modalidade ilimitada.

Com publicidade

Apesar do preço salgado da mensalidade, a nova plataforma do Hulu não será livre de anúncios. Algo que já acontece no setor, nesta também os usuários precisarão assistir a comerciais em meio à programação ao vivo. Não se sabe ao certo como vai funcionar este recurso em programas gravados pelo usuário — afinal é possível adiantar manualmente a reprodução para pular uma propaganda.

A companhia ainda não se posicionou oficialmente sobre este rumor, então, é de se imaginar também que ele possa sofrer alguma alteração até o lançamento oficial da nova plataforma.

Hulu

O Hulu é uma joint venture entre algumas das maiores companhia de entretenimento do mundo na atualidade — NBC Universal, Fox, Disney-ABC e Providence Equity Parners. Lançada em 2007, a plataforma até hoje funciona aos moldes da Netflix, oferecendo conteúdo sob demanda. O serviço ainda não está disponível no Brasil.

Via TechCrunch