Série de O Senhor dos Anéis contrata escritores e produção avança

Por Jessica Pinheiro | 30 de Julho de 2018 às 11h31

No final do ano passado, o Amazon Studios confirmou que estava desenvolvendo uma série original baseada na obra O Senhor dos Anéis, clássico escrito por J.R.R. Tolkien e que já ganhou uma sequência de filmes dirigidos por Peter Jackson. E, conforme a diretora da produtora, Jennifer Salke, havia sugerido anteriormente, o show de drama e fantasia envolverá escritores renomados.

Dentre os nomes listados para a seleta lista de escritores que podem fazer parte do projeto estão JD Payne e Patrick McKay, que se destacam por seus trabalhos em longas-metragens recentes, tais como Star Trek 4, onde o duo trabalhou com J.J. Abrams. Este último e outros cineastas de renome, por sinal, recomendaram a dupla ao Amazon Studios para que trabalhassem no seriado de O Senhor dos Anéis.

No processo criativo, outros escritores podem colaborar com Payne e McKay. Com isso, a série baseada na obra de Tolkien avança em seu desenvolvimento, movendo-se para a próxima etapa da produção. Embora ainda não esteja claro, ainda é possível que um showrunner seja escolhido a partir da lista selecionada escritores.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Em uma coletiva, Salke disse que o estúdio está animado para dar prosseguimento ao projeto, e Peter Jackson, que está envolvido, também comentou que há muito potencial para que a série seja filmada usando um de seus sets na Nova Zelândia. Payne e McKay, por sua vez, também expressam estarem empolgados. “Nós nos sentimos como o Frodo, partindo do Condado, com uma grande responsabilidade em nossos cuidados – é o começo da aventura de uma vida”, comentaram.

A série de O Senhor dos Anéis possivelmente terá várias temporadas, por conta do acordo de direitos com o patrimônio de Tolkien, estimado em US$ 250 milhões. A obra será produzida pelo Amazon Studios em cooperação com a Tolkien Estate and Trust, a HarperCollins e a New Line Cinema, uma divisão da Warner Bros. Entertainment que produziu os filmes de Peter Jackson.

Na narrativa da série, serão exploradas novas histórias, que se passam antes de A Sociedade do Anel, o primeiro da trilogia de livros de Tolkien. Salke já confirmou que o show não será um remake dos filmes, mas também não será algo completamente novo, o que abre brechas para que personagens conhecidos apareçam. O seriado ainda não tem previsão de estreia.

Fonte: Deadline

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.