Segunda temporada de Jessica Jones pode ter vários vilões

Por Redação | 15 de Agosto de 2016 às 18h50
photo_camera Divulgação

Aclamada pela crítica, a primeira temporada de Jessica Jones apresentou o Homem Púrpura (ou Killgrave), um dos grandes vilões do universo televisivo da Marvel. E no que depender da produtora executiva Melissa Rosenberg, isso foi apenas o começo, pois a ideia é que vários vilões sejam introduzidos no segundo ano da série.

Em entrevista à revista Entertainment Weekly, Rosenberg, que também é showrunner da atração, não comentou nenhum inimigo específico, mas disse que a heroína enfrentará mais ameaças nas ruas de Hell's Kitchen. Ao que tudo indica, serão ao menos dois vilões, e há um motivo para a equipe ter tomado essa decisão: Rosenberg não quer apenas adicionar mais nomes ao programa, mas também mudar um pouco a fórmula da primeira temporada e não tornar o seriado repetitivo com um único vilão como Killgrave.

Questionada sobre se poderia dizer quem seria o novo antagonista, a produtora respondeu: "Ou antagonistas, no plural. Ninguém vai conseguir superar David Tennant como Kilgrave, então você não tenta fazer isso (trazer outro vilão com as mesmas características). O maior erro seria tentar repetir isso. Então você pensa 'OK, não faremos isso, assim temos muito mais opções'".

Obviamente, Rosenberg não revelou quem seriam os potenciais candidatos a vilões da segunda temporada de Jessica Jones. Contudo, fãs especulam que uma das pedras no sapato da personagem será o Oficial Bill Simpson (Wil Traval), que por sua vez se tornará Nuke. Outro rumor levantado pelos telespectadores é que, no decorrer da temporada, Trish Walker (Rachel Taylor) se transformará na Gata do Inferno (Hellcat). Nos quadrinhos, ela é uma heroína, mas na série ela poderia ser uma antagonista — pelo menos inicialmente, como aconteceu com o Justiceiro na segunda temporada de Demolidor —, obrigando Jessica (Krysten Ritter) a enfrentá-la.

Nesse sentido, a produtora destacou que um dos pontos principais da nova temporada será justamente o relacionamento entre Jessica e Trish. "Quero continuar explorando a amizade entre Jessica e Trish. Elas são praticamente irmãs, então será interessante ver como as duas vão evoluir após os acontecimentos da season finale. Cada uma possui qualidades que a outra gostaria de ter: Trish tem a beleza, a graça e o sucesso, e Jessica tem seus poderes. De certa maneira, Trish sempre imagina o que poderia fazer com tais poderes, e se fosse pra apostar, acredito que Jessica escolheria ter a mesma generosidade de Trish", explicou.

Rosenberg ainda disse que os eventos de Os Defensores, série que unirá Jessica, Luke Cage, Punho de Ferro e Demolidor, irão afetar diretamente a personagem. Os dois seriados serão gravados simultaneamente, e a showrunner afirmou está ciente do que vai acontecer com a heroína. "Haverão alguns novos personagens que terão relações interessantes com os existentes. Podemos entrar em aspectos muito interessantes de sua personalidade e de onde vieram e para onde vão todas essas coisas", disse.

A segunda temporada de Jessica Jones só deve estrear na Netflix em 2018. Antes, Luke Cage chega ao serviço agora em setembro, enquanto Punho de Ferro e Os Defensores estão agendados para 2017.

Fonte: Entertainment Weekly

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.