Polícia é chamada para emergência, mas era só uma família vendo The Walking Dead

Por Redação | 18.02.2016 às 09:24

Gritos desesperados vêm da casa do seu vizinho: o que fazer? Chamar a polícia ou ignorar porque aquilo não é problema seu? Pois, nos Estados Unidos, alguém decidiu fazer a coisa certa e ligou para a emergência para descobrir o que estava acontecendo na vizinhança. Porém, ao chegar ao local, qual foi a surpresa dos policiais ao descobrirem que toda aquela urgência nada mais era do que alguém assistindo ao último episódio de The Walking Dead com o volume um pouco acima da média.

Parece piada, mas isso realmente aconteceu. O estranho caso foi registrado pelo jornal Great Falls Tribune, que conta que a polícia local foi chamada no último domingo (14) para resolver uma ocorrência em que havia supostamente alguém sendo ameaçado. E não foi apenas uma pessoa que ligou para 911, mas várias. As denúncias foram feitas exatamente por conta dos gritos, sobretudo de alguém dizendo ter uma arma. À primeira vista, a casa estava sendo assaltada e o morador pedia ajuda.

O mais curioso é que, quando os oficiais chegaram ao local, realmente estranharam o que encontraram. De acordo com o periódico, os policiais disseram ter ouvido conversas alteradas — ou seja, pessoas falando muito alto, o que indicaria ânimos exaltados — e flashes de luz, o que sempre é suspeito, e cercaram a residência. Porém, quando eles entraram na casa, encontraram dois adultos e várias crianças sentados em frente à TV, em total segurança, assistindo ao retorno de The Walking Dead à TV.

The Walking Dead

E o Great Falls Tribune revela quem foi a verdadeira culpada por toda essa confusão. Além da TV com um volume exageradamente alto — ninguém se preocupa com a audição dessas crianças? —, a janela estava aberta e essa combinação barulhenta assustou os vizinhos. Levando em conta que não é muito comum você ouvir gritos no meio da noite de um domingo, muito menos de gente dizendo estar armada e que vai matar todo mundo, podemos dizer que foi um erro honesto.

Em entrevista ao jornal, o policial responsável pela operação The Walking Dead, Brian McGraw, disse que o caso foi levado tão a sério que a polícia de Great Falls deslocou muitos oficiais até o local do suposto crime para impedir que algo de pior acontecesse. Porém, o máximo que houve foi que alguns deles acabaram levando algum spoiler do episódio desta semana. Por outro lado, o engano serviu para movimentar a noite de domingo e fazer com que o fim de semana terminasse na adrenalina — mesmo que por nada.

E, o mais importante, esses policiais já podem dizer ao mundo que estão preparados para enfrentar um apocalipse zumbi.

Via: Great Falls Tribune, Mashable