Netflix comenta cancelamento de Sense8

Por Redação | 09.06.2017 às 10:16
photo_camera Divulgação

Desde que a Netflix anunciou o cancelamento de Sense8, os fãs esperavam um posicionamento oficial da empresa que justificasse a decisão — ou, melhor, que voltasse atrás e confirmasse uma renovação pelo menos para uma terceira e última temporada. E, depois de um longo silêncio, a companhia decidiu finalmente comentar o caso. Para a infelicidade de quem ainda tinha alguma esperança de retorno, o comunicado não é muito positivo.

Em seu perfil no Facebook, a Netflix afirma estar acompanhando todas as petições e mensagens enviadas pelo público, além de acompanhar toda comoção gerada em torno do cancelamento e diz que a demora em se pronunciar sobre isso foi exatamente porque ela estava atrás de meios de viabilizar uma terceira temporada. Contudo, a companhia diz que não há como isso acontecer. Sem entrar no mérito do porquê, ela apenas agradece todo o apoio dado pelos fãs.

Confira abaixo o comunicado na íntegra:

E era claro que esse retorno um tanto quanto vago não iria ser o suficiente e muita gente usou o espaço nos comentários para reclamar da postura da empresa. Eles pedem um fechamento da história, nem que seja por meio de um episódio especial que feche o arco narrativo apresentado até então — principalmente pelo modo como a segunda temporada foi finalizada. Alguns são um pouco mais radicais nesses pedidos, comparando a empresa com namoradas que traem o relacionamento ou mesmo dizendo que vão abandonar o serviço depois do ocorrido.

Na página de Sense8, o feedback é ainda mais agressivo, com acusação de que a Netflix se “rendeu ao status quo”, que não soube se planejar ou simplesmente não liga para representatividade como gosta tanto de dizer. Em alguns casos, a própria empresa responde às críticas explicando a situação. Sobre o ponto de representatividade, ela reconhece que Sense8 foi um marco nesse ponto, mas lembra que há outras séries que também valorizam essa característica no catálogo.

Porém, o que se percebe nas críticas ao cancelamento — e cuja explicação falta no posicionamento da Netflix — é um maior entendimento sobre a lógica de mercado. As pessoas criaram uma relação tão próxima com a empresa que não conseguem entender que ela ainda responde às regras de mercado: se algo custa caro e dá pouco retorno, não vale o investimento. E, com Sense8, foi exatamente isso o que aconteceu. O custo de produção era muito elevado e a audiência não justificava uma renovação. E o que os comentários deixam bem claro é que as pessoas tratam realmente a Netflix como uma empresa que tem o dever de agradar os consumidores, mesmo que isso signifique perder dinheiro. E, infelizmente, não é assim que as coisas funcionam.

Via: Netflix (Facebook)