Irmão de Pablo Escobar quer US$ 1 bilhão da Netflix

Por Redação | 08.07.2016 às 19:44

Os atritos entre a família Escobar e a Netflix não param. Nesta semana, o irmão de Pablo Escobar, Roberto Escobar, escreveu uma carta formal "amigável" à Netflix. Nela, ele pede que a plataforma seja mais fiel à realidade ao retratar sua família na segunda temporada de Narcos.

Porém, em entrevista à revista Newsweek, Roberto adquiriu um tom mais agressivo: ele pede que a Netflix o pague US$ 1 bilhão e ameaça ir à justiça caso não receba o dinheiro. "Se eles recusarem minha oferta, nós temos advogados prontos para prosseguir com as ações necessárias. Eu não acho que vai haver mais 'Narcos' se eles não falarem comigo. Você deve pagar para interpretar, e eles estão me interpretando [na série] sem me pagar. Não sou um macaco de circo, não trabalho por centavos", disse ele.

O pedido é bem difícil de ser realizado. O gasto total da Netflix com conteúdo em 2016 até agora foi de US$ 5 bilhões. Qual a chance de Roberto receber um quinto dessa quantia?

"Um bilhão é o que costumávamos ganhar em uma semana boa nas décadas de 1980 e 1990. Aparentemente, dinheiro tem crescido em árvores para a Netflix depois que meu programa foi lançado. Eles devem me pagar imediatamente", explicou Roberto.

Além de ficar irritado por não receber dinheiro, Roberto também não aprova a escolha do ator brasileiro Wagner Moura para o papel de Pablo. Na opinião dele, um colombiano deveria ter sido escolhido. "Ele tem alguma experiência em atuação? Ele tem alguma experiência real em fazer transações de cocaína? Ele já lavou bilhões de dólares?".

A Netflix não comentou sobre o caso.

Via: Business Insider