House of Cards diz que "tá difícil competir" com crise política brasileira

Por Redação | 18 de Maio de 2017 às 15h44

Os escândalos políticos no Brasil têm sido tão frequentes, que levar toda a situação com humor pode ser uma boa ideia. Na última quarta-feira (17), uma delação da JBS afirmando que o presidente Michel Temer incentivou a compra do silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, se tornou um dos principais assuntos não só entre os brasileiros, mas em todo o mundo. Aécio Neves também foi acusado de pedir propina.

Diante de toda a polêmica, a internet virou palco de memes e até House of Cards entrou na brincadeira. Em uma publicação no Twitter, a série de drama político afirmou que "tá difícil competir", mostrando que toda a saga enfrentada no Brasil tem sido tão dramática quanto os episódios da trama.

E não foi só a série original da Netflix que se pronunciou. Na verdade, a página brasileira do serviço de streaming fez questão de responder a um comentário, dizendo que nem se "reunisse 20 roteiristas premiados não conseguiria chegar numa história à essa altura".

É... parece que a coisa está realmente feia! Seja como for, se você prefere lidar com as questões políticas de Frank Underwood, lembre-se que a quinta temporada de House of Cards estreia no dia 30 de maio.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.