Girlboss é cancelada pela Netflix após uma temporada

Por Redação | 26 de Junho de 2017 às 09h21

Girlboss é a mais nova série a cair sob a lâmina da Netflix. A série foi cancelada após sua primeira temporada e pouco mais de dois meses após sua estreia, confirmando os rumores de que o sucesso de público era baixo e acompanhava a pouca adesão crítica e os comentários negativos do público.

A notícia foi citada primeiro pela imprensa, mas depois confirmada por Sophie Amoruso, fundadora da grife feminina Nasty Gal, produtora executiva da série e também escritora do livro que a originou. Por meio do Instagram, ela disse estar orgulhosa do trabalho realizado e das pessoas que participaram do projeto ao lado dela, afirmando esperar poder continuar sua narrativa daqui em diante, com mais controle criativo.

Essa noção veio acompanhada de uma crítica velada a Girlboss, na qual a empreendedora disse que ter um show que representava uma caricatura dela mesma, mesmo que apenas por alguns meses, não foi fácil. A série contava a história de como Amoruso, interpretada por Britt Robertson, passou por cima de tudo – e de muita gente – para fundar sua grife.

Roteirizada por Kay Cannon, de A Escolha Perfeita, e com capítulos dirigidos por Christian Ditter, cujo trabalho mais recente foi Como Ser Solteira, Girlboss estreou na Netflix no final de abril. Os 13 capítulos também contavam com Ellie Reed (2 Broke Girls), Johnny Simmons (As Vantagens de Ser Invisível, Scott Pilgrim Contra o Mundo), Alphonso McAuley (Estrada para a Glória) e a participação do apresentador RuPaul.

Essa é a terceira série a ser cancelada pela Netflix apenas neste mês, com outros nomes também recebendo cortes, como The Get Down e Sense8, em um fim bastante sentido pelos fãs. O movimento é reflexo de uma nova estratégia da empresa, que deseja atender aos pedidos dos assinantes por mais shows originais ao mesmo tempo em que busca ideias mais ousadas e trabalha orientada pelos números de audiência.

Tais dados, entretanto, não são revelados ao público e fica difícil saber exatamente como estava o desempenho de Girlboss. O cancelamento tão veloz, entretanto, é uma mostra de que o seriado não deveria estar indo tão bem, além de uma prova de que a Netflix está assumindo uma postura cada vez mais agressiva com relação às próprias produções.

Fonte: Deadline, Sophie Amoruso (Instagram)

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.