Em clima de natal sombrio, última temporada de Mr. Robot ganha trailer

Por Nathan Vieira | 28 de Agosto de 2019 às 14h12
Divulgação/USA

Nesta tarde de quarta-feira (28), os fãs da série Mr. Robot se depararam com novidades agridoces. Por um lado, o trailer da quarta temporada acabou de ser lançado no YouTube, dando aquele gostinho do que vem por aí no novo ano do seriado. Por outro, a quarta temporada é também a última, o que significa que a despedida da produção está cada vez mais próxima. A temporada em questão tem início em 6 de outubro.

O seriado, que foi lançado em 2015 pela USA Network, gira em torno de Elliot Alderson (Rami Malek), um engenheiro de segurança cibernética que, junto com Mr. Robot (Christian Slater) e grupo hacker chamado Fsociety, inicia uma revolução para mudar o mundo. As três primeiras temporadas da série estão disponíveis no Brasil atráves da Prime Video, a plataforma de serviços streaming da Amazon.

Já sobre a última temporada em si, a USA Network revelou que vai ter início exatamente a partir de onde terminou a temporada anterior. Além disso, os episódios serão ambientados durante o feriado de Natal do ano de 2015, e a principal promessa é trazer respostas para as grandes questões. O destaque desse clima de final fica nos dramas vividos protagonizados por Elliot (Rami Malek) e Darlene (Carly Chaikin), que passaram a fazer parte da Dark Army. Confira o trailer:

Em abril deste ano, o criador da série, Sam Esmail, concedeu uma entrevista para o Deadline para falar sobre o término de Mr. Robot e o envolvimento com a ocasião do natal: “Tradicionalmente, as séries britânicas, como The Office, concluem em episódios de natal. Então, o final de Mr. Robot será um longo especial de natal que vai durar aproximadamente uma semana no natal de 2015".

A quarta temporada da série vai se passar durante o natal (Foto: Reprodução/YouTube)

Na época, o criador da série ainda completou: “O slogan da primeira temporada era ‘Nossa democracia foi hackeada’. Um ano depois isso aconteceu. Na sala de roteiristas, nós continuamos a deixar os eventos atuais nos inspirarem e é isso o que soa relevante. Quando começamos, hackear parecia relevante, e um dia após a série ser escolhida, a Sony foi hackeada".

Fonte: YouTube

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.